Últimas Publicações:

31/05/2021 - Educação Infantil

Bebês e CIA –...

Olá, Professores! Como vocês estão? Esta é a cena de um vídeo disponível no Instagram @gemeasdafer, que mostra duas irmãs gêmeas (3 anos) fazendo o experimento de passar um líquido, parece ser suco de uva, de um...

31/05/2021 - Educação Infantil

Bebês e CIA – As emoções no dia a dia dos bebês e das crianças bem pequenas

Olá, Professores!

Como vocês estão?

Esta é a cena de um vídeo disponível no Instagram @gemeasdafer, que mostra duas irmãs gêmeas (3 anos) fazendo o experimento de passar um líquido, parece ser suco de uva, de um recipiente para outro. Nesses últimos dias, o vídeo teve muitas visualizações na rede social e, além da experiência de conservação de quantidade, do trabalho de coordenação motora para pegar os recipientes e servir o líquido, foi possível observar também a forma como as meninas enfrentam os desafios.

Quer assistir ao vídeo? Clique aqui: https://www.instagram.com/p/CO7yDwpBOp6/

Experimentos e brincadeiras como essa são incríveis para o desenvolvimento infantil! Por isso, deixamos nossa dica para que sejam ofertadas situações nas quais as crianças se sintam desafiadas, motivadas a aprender, a testar suas habilidades, pois, dessa forma, vivenciam inúmeros conteúdos, mas também aprendem sobre como lidar com as situações em que algo não sai como o esperado, sobre superação, coragem e respeito às diferenças, pois cada pessoa é única e tem um conjunto de habilidades também único.

Além do trabalho lúdico com os campos de experiências, também são percebidas as competências socioemocionais, que são sentidas e vividas “na vida real” em situações como essas que vimos no exemplo.

Quando os bebês e as crianças bem pequenas têm a oportunidade de experimentar, aprendem e superam seus limites, além de receberem estímulos para aguçar a curiosidade e a criatividade na resolução dos problemas do dia a dia, enquanto aprendem sobre si e desenvolvem o autoconhecimento.

Em vivências como essas, é importante que os adultos preparem o local, cuidando na escolha dos materiais (apropriados a cada idade) e supervisionem a brincadeira, acompanhando, encorajando e ficando ao lado dos pequenos. Esse olhar e apoio são fundamentais para a criança se sentir segura e confiante para seguir com suas descobertas e aprendizagens.

Em que outras situações podemos trabalhar novas habilidades e desenvolver a inteligência emocional?

Compartilha conosco suas experiências aqui nos comentários! Vamos gostar de saber!

Um abraço,

Equipe da Assessoria de Educação Infantil Aprende Brasil

Deixe o seu comentário!

21/09/2020 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS ̵...

Vamos continuar a contar histórias? Essa atividade é muito gostosa, nos leva a mundos divertidos. A dica de hoje para leitura é: A cesta de Dona Maricota – Tatiana Belinky. Sugestão de livro para trabalhar no Livro...

21/09/2020 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS – LER HISTÓRIAS PARA CRIANÇAS PEQUENAS

Vamos continuar a contar histórias? Essa atividade é muito gostosa, nos leva a mundos divertidos.

A dica de hoje para leitura é: A cesta de Dona Maricota – Tatiana Belinky.

Sugestão de livro para trabalhar no Livro do Grupo 4 do Aprende Brasil:

Aluno – pág. 7 – Vol. 3 – Unidade 6 – Um passeio pelo sítio!

Professor – pág. 11 a 13 – Vol. 3 – Unidade 6 – Um passeio pelo sítio!

Nesse livro, autora utiliza versos nos quais os alimentos contam as vantagens de comer verduras, frutas e legumes.

Sugestões de atividades:

  1. Ler ou contar a história (caso não tenha o livro, segue link): https://pt.slideshare.net/CamilaRibeiro35/a-cesta-de-dona-maricota-28474072
  2. Trabalhar com as crianças as rimas que aparecem no livro, para isso professor (a), escreva a história em papel bobina ou Kraft em letra caixa alta e faça com as crianças, a leitura apontada, ressaltando as palavras que rimam.
  3. Outra sugestão, é quando fizer o texto da história, no lugar de algumas palavras, você colocar a figura, e quando perguntar para a criança o que é, você tira a figura e coloca a palavra. Começa a dar noção para a criança de leitura de texto, de cima para baixo e da esquerda para a direita.
  4. Segue uma sugestão de material que você pode produzir para contar a história, usando diferentes materiais.

5. Também pode cantar essa música, colocando uma melodia de uma música já existente (sugestão: Sou coelhinho):

E você, como trabalha leitura com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

 

Deixe o seu comentário!

  • As famílias que não tem acesso a livros, podem contar historias com os próprios legumes que tem na geladeira. Incentivando os alunos a comer melhor.

    • Boa ideia Aparecida, usar recursos que tenham em casa para trabalhar as histórias. Logo teremos novidades. Abraço.

    • Como é rico, não é mesmo Eliene?! Aprendizado, diversão e saúde…
      Um abraço,
      Assessoria da Educação Infantil

    • Que bom, Isabela!
      Ficamos felizes com seu comentário!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria de Educação Infantil

21/09/2020 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA –...

Obaaaa…mais histórias! É tão divertido e gostoso. Com bebê e crianças bem pequenas o momento deve ser de interação entre o bebê e quem está lendo, a criança vai curtir a atenção que está recebendo e va...

21/09/2020 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA – LER HISTÓRIAS PARA BEBÊS E CRIANÇAS BEM PEQUENAS

Obaaaa…mais histórias! É tão divertido e gostoso. Com bebê e crianças bem pequenas o momento deve ser de interação entre o bebê e quem está lendo, a criança vai curtir a atenção que está recebendo e vai agregando valor ao livro, relacionando momento de leitura com prazer. Essas dicas continuam: hábito (costume de ler desde bem pequeno), vínculo (momento exclusivo entre professor e alunos para curtir a história) e repetição (muito importante para a criança, é essencial para ela).

A dica de hoje para leitura é:

Livro pertence a coleção Grupo 2 do Aprende Brasil

Lúdico e divertido, este livro explora situações de oposição pensadas a partir do cotidiano da criança, mostrando que a noção de quantidade percebida pelas pessoas passa pela afetividade. Com delicadeza e criatividade, Márcia Leite leva o pequeno leitor a refletir sobre a questão do ponto de vista: o que parece pouco para uns pode ser muito para outros. Segue algumas sugestões de atividades para serem realizadas com as crianças:

 

 

  1. Antes da leitura: professor (a) poderá fazer uma brincadeira antes de iniciar a leitura do livro. Aproveitando que no enredo aparecem os conceitos muito e pouco, proponha uma atividade de estimar quantidades. Por exemplo: encher um potinho com tampinhas de garrafas e uma bacia grande com bolas de tamanho médio. Então, pergunte em qual dos recipientes existe o maior número de objetos: o das tampinhas ou o das bolas? O pote das tampinhas é menor, mas contém maior número de tampas do que a bacia de bolas, que é bem maior, porém com menor número de bolas. Esta sugestão pode criar uma expectativa em relação ao que vão encontrar na leitura.
  2. Durante a leitura: proponha aos alunos que folheiem o livro e que analisem a expressão das crianças, ora de alegria, ora de tristeza, dor ou frustração. Isso tem algo a ver com o título? Depois de realizar à leitura, questione o grupo sobre o que é pouco e o que é muito no contexto da obra. Pergunte aos leitores: qual das situações apresentadas no livro você considera ser a mais difícil ou a mais chata? Brincar somente uma hora no parque? Engolir duas colheres de xarope amargo? Comer apenas cinco pipocas que sobraram na panela? Deixe que cada um manifeste sua opinião. Vai se surpreender com as respostas dos pequenos. Trabalhe a forma de expressão facial e/ou corporal de como representar o cheiro ruim, a bronca, o voo do pernilongo, o tempo de espera para a festa de aniversário, ganhar um doce, ir a praia.
  3. Depois da leitura: para estabelecer um diálogo com o livro É muito pouco! – de Márcia Leite, sugere-se a leitura da obra O frio pode ser quente? – de Jandira Masur. De modo lúdico e divertido, ambos os livros envolvem o conceito de relatividade, levando a criança a refletir sobre determinadas situações de acordo com diferentes pontos de vista. O diálogo pode ser estabelecido, por exemplo, a partir da leitura das páginas em que se brinca com o número 2, no livro de Márcia Leite, e da comparação entre a colher cheia de doce e a cheia de remédio, do livro de Jandira Masur. O mesmo elemento – a colher com remédio ou com xarope amargo – é que leva à relativização dos conceitos de muito/pouco e grande/pequeno, respectivamente. Outra semelhança entre as obras é o trabalho com o tempo. Enquanto O frio pode ser quente? contrasta a duração dos dias da semana com a duração do domingo, e relativiza as noções do que seja ontem, hoje ou amanhã, É muito pouco! nos conduz a pensar sobre a duração de uma hora e de três dias, que podem ser muito longos ou curtos, dependendo do que se faz e do que se espera. Trabalhando conceitos matemáticos.

 

E aí, professor, o que achou dessas nossas sugestões?
E você, como trabalha leitura com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.
Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

  • Com minhas crianças bem pequenas, as historias tem que ser breve. Nesta pandemia, envio historinhas para as famílias escutarem juntas.

    • Aparecida, isso mesmo, com os bebês precisa ser histórias curtas, pois o tempo de interesse deles é muito pequeno. Que delícia são as histórias não é? Abraço.

14/08/2020 - Língua Inglesa

Quarantine, what a l...

Hello, folks! Espero que todos estejam bem nesse período extraordinário que estamos vivendo, cheio de experiências jamais vividas com os alunos. Ainda vamos olhar para trás e dizer: foi um período difícil, mas eu a...

14/08/2020 - Língua Inglesa

Quarantine, what a lovely period of time!

Hello, folks!

Espero que todos estejam bem nesse período extraordinário que estamos vivendo, cheio de experiências jamais vividas com os alunos. Ainda vamos olhar para trás e dizer: foi um período difícil, mas eu aprendi muito!

Enquanto a vacina não vem, vamos aprender e rir juntos das situações que vivemos. Na maioria das vezes, rir é o melhor remédio.  No link a seguir, do Canal Bored Teachers, a professora compartilha esses momentos no vídeo Things we only say when remote teaching. É fácil nos reconhecermos na mesma situação. É algo novo para todo mundo, especialmente para as crianças. Convido a assistir ao vídeo.

E mais, vamos nos identificar também com esse vídeo. Você sente falta da escola? Dos alunos? E canta sozinha pela casa as músicas em inglês? Quem vive com a gente também acaba aprendendo, veja:

É importante perceber que não estamos sozinhos. Do outro lado do mundo, professores enfrentam as mesmas dificuldades e dilemas diante da situação da pandemia, ainda que estejam em outro país. Professores, queridos, não desanimem. Estamos fazendo o nosso melhor! Vale à pena  perceber que não estamos sozinhos nessa!

Take proper care! 

Virtual hugs!

Cassiana

Assessoria de Língua Inglesa

Deixe o seu comentário!

    • Sim, por isso achei interessante dividir isso com vocês. Estamos vivendo uma realidade diferente de tudo o que já vivenciamos. Mas é importante perceber que não estamos sozinhos. O mundo todo vive esse novo desafio, ensinar nesse período. E de uma maneira ou outra estamos evoluindo, estudando, aprendendo novas técnicas, estratégias, metodologias, dando sempre o melhor!

22/07/2020 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA –...

Ouvir histórias é uma atividade tão prazerosa e estimulante que independe da idade do ouvinte ou espectador. Contar histórias deve ser um momento mágico, ouvir histórias é muito envolvente. Mas existe diferença e...

22/07/2020 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA – LER HISTÓRIAS PARA BEBÊS E CRIANÇAS BEM PEQUENAS

Ouvir histórias é uma atividade tão prazerosa e estimulante que independe da idade do ouvinte ou espectador. Contar histórias deve ser um momento mágico, ouvir histórias é muito envolvente. Mas existe diferença entre contar e ler histórias?

Tem uma diferença sim, contar histórias podem ser contadas de tradições orais, histórias suas ou histórias clássicas de livros, mas sem ter o livro necessariamente junto com você. Já ler histórias pede o objeto livro, você lê a história.

Com bebê e crianças bem pequenas o importante durante a leitura do livro nem é tanto a história em si porque a criança não tem ainda a compreensão do texto, mas esse é um momento de interação entre o bebê e quem está lendo, a criança vai curtir a atenção que está recebendo e vai agregando valor ao livro, relacionando momento de leitura com prazer.

Leitura com bebês e crianças bem pequenas, têm-se três dicas: hábito (costume de ler desde bem pequeno), vínculo (momento exclusivo entre professor e alunos para curtir a história) e repetição (muito importante para a criança, é essencial para ela).

Dicas de canais para saber mais do assunto:

https://www.youtube.com/watch?v=YggkVma6yuc – Especial Bebês: Dicas de Leitura e Livros

A Cigarra e a Formiga

https://www.youtube.com/watch?v=0wnyc-TJhTw – Dicas de como ler livros para bebês – Fafá Conta

A dica de hoje para leitura é:

 

 

 

 

 

 

Livro pertence a coleção Grupo 1 do Aprende Brasil

 

Como é um livro que traz um tema de muito interesse para os bebês e crianças bem pequenas, sobre animais, aqui tem como sugestões algumas atividades para serem realizadas com as crianças:

Contar ou ler a história fazendo a voz dos animais durante a contação.

Fazer um dado, com os personagens do livro e solicitar a criança que jogue o mesmo, o animal que cair, a criança deve fazer o som.

 

 

 

 

 

 

 

Outra possibilidade com o tema, é cantar a música, Sítio do Seu Lobato, com ilustrações de animais ou com brinquedos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Assista: http://www.youtube.com/watch?v=nBmy90DikwQ&feature=related

Uma sugestão é montar um livro da história, segue uma indicação: https://professoraivaniferreira.blogspot.com/2014/09/um-dia-de-sol-na-fazendalivro-artesanal.html

E aí, professor, o que achou dessas nossas sugestões?

E você, como trabalha leitura com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

 

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil
Fonte: https://pt.slideshare.net/fabianaesteves76/dia-de-sol-na-fazenda-40724258

Deixe o seu comentário!

  • Boa tarde
    Dia de Sol na Fazenda é uma historinha muito linda. Ensina os sons dos animais. Crianças adora bichinhos, e elas pegam seus bichinhos para recontar a historia que ouvio.
    Beijos
    Aparecida

  • Além de várias observações que faço dos pequenos no momento da leitura, me divirto quando um deles pede para ele ler o livro para os amiguinhos e faz exatamente como nós professores; mostrando a página para que as crianças vejam as letras, número, ilustrações que vão dando o desenrolar da história…

    • As crianças são ótimas, são demais, não é mesmo Aparecida!
      Elas adoram imitar as professoras! Por isso nosso trabalho deve ser cada vez mais lindo e com ótimos exemplos!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria da Educação Infantil

    • Olá Dulce, obrigada pelo carinho e reconhecimento de nosso trabalho, estamos aqui sempre pensando em algo diferente para propor à vocês. Abraço. Luciane

    • Olá, Dulce!
      Selecionamos tudo com muita dedicação e carinhos para vocês!
      Que bom ter gostado!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria da Educação Infantil

  • Leio e conto muitas histórias para meus alunos, usando figuras, fantoches, dedoches. É muito prazeroso e encantador ler e contar histórias

    • Sim, Ana Emília!
      Contar histórias é um momento mágico! O faz de conta e a imaginação tomam conta a todo instante! As crianças amam e nós também!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria da Educação Infantil

  • Leio histórias para os meus alunos com Muito entusiasmo mostrando as figuras, com fantoches e dedoches. Fica muito divertido. Sempre pedem para repetir as histórias contadas
    É uma atividade muito prazerosa contar histórias.

    • Olá Ana Emília, que delícia, continue sempre, as histórias são muito importantes para nossos pequenos. Abraço. Luciane

    • Sim ,Ana Emília!
      Como respondi no seu comentário anterior … é um momento mágico que crianças e professores amam de paixão!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria da Educação Infantil

    • Obrigada, Vera!
      Preparamos tudo com esmero, dedicação e carinho para todos usufruírem da melhor forma possível!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria da Educação Infantil

    • Exatamente, Dalva!
      Esse hábito é importantíssimo e fundamental! Contribuirá muito com todo o processo de aprendizagem das crianças.
      Ler, contar ou inventar histórias deve fazer parte da rotina diária nas escolas. É um momento riquíssimo que todos adoram!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria da Educação Infantil.

07/07/2020 - Educação Infantil

Quarentena brincante...

Olá pessoal! Estão em casa? Estão se cuidando? Desejamos que estejam todos bem. E as crianças, como estão? Temos certeza que por aí tem muita disposição e energia nesse isolamento social, e o que fazer para que e...

07/07/2020 - Educação Infantil

Quarentena brincante para crianças pequenas

Olá pessoal!

Estão em casa? Estão se cuidando? Desejamos que estejam todos bem. E as crianças, como estão? Temos certeza que por aí tem muita disposição e energia nesse isolamento social, e o que fazer para que esse tempo seja gostoso e produtivo?

Que tal brincar? Ou melhor, fazer junto com eles um brinquedo?

Vamos lá?!

Passa Bolinha

Iremos precisar de alguns materiais, tais como:

– 2 garrafas PET de 2 litros transparente;

– 1 tampinha de garrafa;

– durex colorido e tesoura;

– cola colorida (se tiver em casa);

– 6 a 10 bolinhas de gude.

Como fazer:

  1. Corte uma garrafa PET em duas partes, sendo que a parte de baixo ficará com aproximadamente 9 cm e a outra parte será o que sobra no momento do corte.
  2. A segunda garrafa será cortada e aproveitada só a parte superior.

 

 

 

 

 

 

 

3. Junte com durex colorido a parte inferior da primeira garrafa e a superior da segunda (faça dois cortes de 1 cm aproximadamente para encaixar melhor).

 

 

 

 

 

 

 

4. Encaixe na parte superior da primeira garrafa para montar o brinquedo. Passe durex.

5. Coloque algumas bolinhas de gude dentro do brinquedo e feche com a tampinha.

 

 

 

 

 

 

 

6. Faça a decoração do brinquedo com cola colorida se tiver.

Como brincar:

O jogo consiste em dar um impulso no brinquedo para encaixar o maior número de bolinhas de gude dentro da garrafa interna, a melhor posição para jogar a bolinha é deixar a garrafa na posição vertical.

 

E AÍ, GOSTARAM? SE DIVERTAM! BOM JOGO!

Deixe seu comentário e compartilhe com a gente.

 

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Sempre que precisar entrar em contato conosco: edinfantil@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

Referência: https://acrilex.com.br/portfolio-item/encaixa-bolinhas/

 

Deixe o seu comentário!

  • MUITO BOA ESSA IDEIA !!! AMEI COM CERTEZA FAREI ESSA ATIVIDADE. TENHO CERTEZA QUE AS CRIANÇAS VÃO AMAR.

    • Sim, Aparecida!
      As crianças criam, inventam e reinventam diversas maneiras de brincar e isso contribui muito com sua aprendizagem e desenvolvimento!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria da Educação Infantil

    • Olá Sandra!
      Que bom que gostou dessa ideia, é uma brincadeira muito divertida e rica. Fique de olho nas próximas postagens!
      Abraço.
      Equipe de Educação Infantil.

  • Encantada,nessa atividade pode ser inserida várias possibilidades desde contagem,musicalização… entre outros abre um lepe imenso adorei!

    • Olá Dayane!
      Que bom que gostou dessa ideia, realmente é uma brincadeira muito divertida e rica, abrindo muitas possibilidades. Fique de olho nas próximas postagens!
      Abraço.
      Equipe de Educação Infantil.

    • Olá Gabriela!
      Que bom que gostou dessa ideia, é uma brincadeira muito divertida e rica e com materiais simples e fáceis de serem feitos. Fique de olho nas próximas postagens!
      Abraço.
      Equipe de Educação Infantil.

    • Olá Liliane!
      Que bom que gostou dessa ideia, é uma brincadeira muito divertida e rica e com materiais simples e fáceis de serem feitos. Agradecemos sua devolutiva. Fique de olho nas próximas postagens!
      Abraço.
      Equipe de Educação Infantil.

    • Olá Rogério!
      Que bom que gostou dessa ideia, é uma brincadeira muito divertida e rica. Fique de olho nas próximas postagens!
      Abraço.
      Equipe de Educação Infantil.

  • Adoro fazer brinquedos com meus alunos com materiais recicláveis. Todo aprendizado onde o aluno é participante ativo tem muito mais significado.

    • Olá Luciane, concordo com você e a participação se torna mais ativa e responsável, além de fazer o lixo virar ótimos brinquedos. Abraço. Luciane.

  • Gostei muito da sugestâo porém trabalho com crianças de creche e é muito complicado trabalhar com bolinhas de gude.

    • Olá Cláudia! Realmente essa sugestão são para crianças maiores, de 4 a 6 anos, mas pode adaptar e fazer com bola de borracha maior em um recipiente maior, tenho certezas que os pequenos vão se divertir. Fica de olho, logo teremos mais novidades. Abraço. Luciane

    • Mara, até nós nos divertimos, não é! Fica de olho, teremos mais novidades para nossos pequenos. Abraço. Luciane