Últimas Publicações:

10/09/2021 - Educação Infantil

Baú de ideias ̵...

Olá, professor (a)! Como você está? As crianças pequenas gostam de criar brinquedos, inventar brincadeiras e colocar todo seu potencial criativo em ação. É assim aí com a sua turma também? Caixas de papelão de ...

10/09/2021 - Educação Infantil

Baú de ideias – “Acerte o buraco”

Olá, professor (a)!

Como você está?

As crianças pequenas gostam de criar brinquedos, inventar brincadeiras e colocar todo seu potencial criativo em ação. É assim aí com a sua turma também? Caixas de papelão de diferentes tamanhos são materiais não estruturados bastante apreciados por elas, pois uma caixa pode ser tudo que elas quiserem e tudo que a imaginação permitir! Tais criações, além de possibilitarem diversão, simultaneamente permitem ricos momentos de descobertas e aprendizagens.

Pensando nisso, nossa dica de hoje é brincar de “Acerte o buraco”, confeccionando um brinquedo com materiais que muitas vezes temos em casa ou que podem ser facilmente encontrados.

Para a confecção, você vai precisar de:

– uma tampa de caixa de papelão ou a base de uma caixa cortada (preferencialmente de tamanho grande, como aquelas de caixa de papel ofício ou maior);

– tesoura e/ou estilete (para uso do adulto);

– bolinhas plásticas como aquelas de piscina de bolinhas (ou outras confeccionadas até com jornal, envolvidas com fita adesiva);

– tinta, se desejarem colorir ou durex colorido, pois dá também para brincar com pontuação: é só definir a quantidade de pontos para cada cor.

Assista ao vídeo aqui:

https://br.pinterest.com/pin/511862313902736574/

Corte círculos um pouco maiores do que a bolinha, para permitir sua passagem pelo buraco. Porém não tão grandes para que tenha uma dose de desafio para as crianças!

Como brincar:

Uma ideia é a criança tentar acertar a bolinha vermelha no buraco vermelho e assim sucessivamente. É um desafio! Você já tentou fazer? Parece fácil, mas requer uma boa coordenação motora, equilíbrio e paciência, pois às vezes demoramos para conseguir derrubar a bolinha…

Outra ideia é combinar uma pontuação para cada cor de bolinha ou buraco e marcar os pontos, para depois somar e questionar: Quem fez mais pontos? Quantos pontos a mais? É possível também fazer a somatória de pontos por grupo.

Divirtam-se!

Um abraço da Equipe de Assessoria da Educação Infantil Aprende Brasil

Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com

Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

01/09/2021 - Educação Infantil

Bebês e CIA: “...

Olá, professor (a)! Como você está? Os bebês e as crianças bem pequenas apreciam explorar brinquedos e objetos com cores e que possibilitam movimento. Além da diversão garantida, simultaneamente acontecem momentos...

01/09/2021 - Educação Infantil

Bebês e CIA: “Fundo do mar”

Olá, professor (a)!

Como você está?

Os bebês e as crianças bem pequenas apreciam explorar brinquedos e objetos com cores e que possibilitam movimento. Além da diversão garantida, simultaneamente acontecem momentos de descobertas, criações e aprendizagens.

Aqui no blog da Assessoria da Educação Infantil ressaltamos sempre a importância dos brinquedos que podem ser confeccionados com a participação dos pequenos, usando diferentes materiais e também propomos ideias de atividades lúdicas com utilização de materiais não estruturados.

Hoje a dica é brincar de “Fundo do mar”, confeccionando um brinquedo com materiais que muitas vezes temos em casa ou que encontramos facilmente.

Para brincar de “Fundo do mar”, você vai precisar de:

– garrafão de água de 5 litros (de plástico, descartável);

– balões coloridos de tamanho pequeno;

– caneta de CD ou canetinha resistente à agua;

– anilina, corante, glitter (opcional).

Encha os pequenos balões coloridos, desenhe o rosto e as nadadeiras dos peixes e coloque-os dentro do garrafão, que deve estar cheio de água. Se desejar, pode colocar anilina, corante azul e/ou glitter. Veja como fazer e o resultado:

Vídeo explicativo aqui:

https://br.pinterest.com/pin/291959988353901148/

Os pequenos podem auxiliar a colocar a água e os peixes no garrafão e vão se divertir com os movimentos e com as cores. Podem, inclusive, cantar e criar histórias junto com os adultos! Que tal?

Faz aí e conta para a gente aqui nos comentários como foi a confecção e a brincadeira! 😉 Vamos gostar de saber!

Divirtam-se!

Um abraço da Equipe de Assessoria da Educação Infantil Aprende Brasil

Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com

Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

05/08/2021 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA –...

Olá professor (a)! Desde que nasce, o bebê vê o mundo em cores. Tudo o que compramos é de cor. Ainda que veja tudo colorido, somente a partir do primeiro ano é que o bebê começa a fazer várias descobertas. O fato...

05/08/2021 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA – BRINCAR COM BEBÊS E CRIANÇAS BEM PEQUENAS

Olá professor (a)!

Desde que nasce, o bebê vê o mundo em cores. Tudo o que compramos é de cor. Ainda que veja tudo colorido, somente a partir do primeiro ano é que o bebê começa a fazer várias descobertas. O fato de começar a andar o torna autônomo para explorar o mundo. Seus brinquedos de pegar, os jogos de empilhar e encaixar objetos tem cores fortes que chamam sua atenção. No entanto, ainda não é capaz de identificar cores.

A partir dos 18 meses a criança já começa a absorver melhor o conceito de cores. Convém, portanto, que se trabalhe as cores primárias (amarelo, azul e vermelho), especialmente. Até os 24 meses a criança se torna capaz de associar as cores, classificando-as e fazendo correspondência entre objetos da mesma cor. No entanto, será apenas passado os dois anos que a criança conseguirá, de fato, parear as cores, ou seja, diante de uma gama de objetos distintos, conseguirá classificá-los por sua cor corretamente.

Os jogos educativos são grandes aliados na hora de ensinar as cores às crianças e podem ser feitos com material simples e de fácil acesso. O ingrediente básico é a criatividade para ofertar às crianças uma gama de possibilidades de reforçar o conhecimento das cores.

Que tal um jogo divertido?

Cada cor no seu lugar!

Material:

1 caixa plástica de divisória

Papel coloridos: vermelho, amarelo e azul

Pompons pequenos ou bolinhas de massinha de modelar: vermelho, amarelo e azul

Como fazer:

  • Recorte quadrados coloridos e coloque no fundo da caixa plástica de divisória para referência a criança.
  • Disponibilize no centro da roda de conversa a caixa e os pompons ou bolinhas de massinha em um prato.
  • Explique as crianças que cada bolinha deverá ser guardada em seu lugar na cor correspondente. Faça uma vez para ela ver e deixe que as crianças explorem o jogo.

 

 

 

 

 

 

E aí, professor, o que achou dessa nossa sugestão?

E você, como trabalharia cores com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

 

Forte abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil

Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com

Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

05/08/2021 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS – B...

Olá professor (a)! Na educação infantil, o trabalho com o número na maioria das escolas infantis trabalha basicamente no reconhecimento dos algarismos e escritas do mesmo; muitos educadores esquecem da importância d...

05/08/2021 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS – BRINCAR COM CRIANÇAS PEQUENAS

Olá professor (a)!

Na educação infantil, o trabalho com o número na maioria das escolas infantis trabalha basicamente no reconhecimento dos algarismos e escritas do mesmo; muitos educadores esquecem da importância da exploração da variedade de ideias matemáticas existentes, referentes a classificação e seriação. Toda criança passa por descobertas, ela precisa mexer, experimentar, tocar, explorar, vivenciar para poder assim conhecer o novo. Necessita do concreto através de materiais manipuláveis para poder organizar seus conhecimentos, o qual é adquirido naturalmente através do contato com outras pessoas, das interações com o grupo de amigos. Ou seja, é uma construção resultante das ações da criança com o mundo, e pode ocorrer através de jogos, brincadeiras, literatura, entre outros.

Através da atividade lúdica a criança constrói símbolos. Elas devem ter a oportunidade de construir as relações matemáticas em vez de simplesmente entrar em contato com o pensamento pronto, devem formular suas hipóteses a partir de ensaio e erro.

Por falar em lúdico, que tal propor uma atividade para as crianças?

Contando com os dedos

Material:

  • 1 luva de plástico transparente
  • 15 pompons de uma única cor
  • Durex
  • Caneta preta ou azul permanente

Desenvolvimento:

Essa atividade tem como objetivo, que a criança agrupe a quantidade de pompons em cada um dos dedos da luva. Para isso, enumere cada um dos dedos. Depois coloque dentro da luva 15 pompons da mesma cor, feche com durex a luva; aqui se deseja que a criança relacione os números e suas quantidades. Cores diferentes podem acabar induzindo a criança ao erro. É uma proposta sensorial, permitindo que a criança mova os pompons dentro da luva a fim de conseguir agrupar as quantidades.

Dica: você pode fazer duas luvas para trabalhar de 1 a 10 com as crianças maiores.

 

 

 

 

 

 

E aí, professor, o que achou dessa nossa sugestão?

E você, como trabalha números e quantidades com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

 

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

29/06/2021 - Educação Infantil

Baú de ideias – F...

Olá, Professores! Todos os anos, quando o final do primeiro semestre se aproxima, as escolas começam a pensar na organização das festividades do mês de junho e julho. Isso por conta das festas juninas e alguma vezes...

29/06/2021 - Educação Infantil

Baú de ideias – Festa junina: que tal alegrar o arraiá na escola ou em casa?

Olá, Professores!

Todos os anos, quando o final do primeiro semestre se aproxima, as escolas começam a pensar na organização das festividades do mês de junho e julho. Isso por conta das festas juninas e alguma vezes julinas que acontecem nas cidades e em várias escolas. É comum a comunidade e as instituições escolares direcionarem o olhar para os arraiais com as bandeirolas, as vestimentas e os chapéus de palha, hoje sinônimos de festa caipira.

Fogueira de mentirinha, bandeirinhas e balões feitos de papel nas salas de aula e decorando a quadra da escola, barracas com brincadeiras, comidas e bebidas, vestimentas e danças características… Neste ano, por conta da pandemia, infelizmente as festas juninas não acontecerão como gostaríamos. Mas sem a festa presencial e apesar do distanciamento social, a celebração popular não precisa passar despercebida. É possível propor atividades e brincadeiras interessantes para serem realizadas com crianças pequenas. E o legal é que elas podem ser realizadas na escola ou em casa com a família.

Vejam a seguir, algumas propostas bacanas e divertidas que alegram e divertem a todos:

  • Uma vivência musical – experimentando os ritmos e movimento
  • Apresente para as crianças uma canção junina.
  • Apresente várias vezes e vá chamando atenção para o ritmo, marcando com palmas, com os pés, com passos etc.
  • Depois observe se as crianças percebem e reproduzem o ritmo e, aos poucos, aprendem a melodia ou a letra.
  • À medida que a brincadeira vai ficando mais conhecida, os ritmos podem ser obtidos com várias partes do corpo: batendo na barriga, nas coxas, nas costas do amigo, na bochecha (com boca aberta e fechada).
  • Essa é uma rotina que pode ser aplicada para introduzir e trabalhar qualquer tipo de música.
  • Para animar o arraial, dançar e aproveitar muito é só clicar aqui: http://bit.ly/festajunina_playlist_Tempojunto Vocês encontrarão várias opções de músicas para animar a festança.

 

  • Corrida do Pinguim
  • Você irá precisar apenas de bexigas, uma para cada participante.
  • Após encher a bexiga, basta colocar entre as pernas dos brincantes.
  • Marque a linha de chegada com um pedaço de fita crepe ou outro material que tiver disponível ( barbante, lã, durex colorido, uma tira de papel ou até mesmo pedrinhas ou gravetos que encontrar caídos no chão).

A brincadeira consiste em correr até a linha de chegada, com a bexiga entre as pernas, sem deixar cair e sem estourar!

Sabem porque a brincadeira é intitulada “ Corrida do Pinguim”?

Porque ao correr com a bexiga entre as pernas, os movimentos são muito parecidos com o andar do pinguim, ou seja, com os pés voltados para fora.

 

  • Acerte a lata
  • Você irá precisar de 10 latas vazias ( pode ser de milho, de molho de tomate, de creme de leite, etc). Se preferir, poderá encapá-las com o material que desejar ( papel de presente liso ou decorado, folhas de revistas, papel contato, etc). Se desejar, poderá aumentar a quantidade de latas.
  • Se não tiver latas, poderá ser com copos de papelão descartáveis.
  • Dispor as latas ou copos, formando uma torre com esses objetos, começando com a quantidade maior e terminando com um objeto apenas. Sugestão: começar fazendo uma fileira com 4 latas ou copos, sobre essa fileira intercalar 3 latas ou copos, depois 2 latas ou copos e terminar com 1 lata ou copo. Pronto a torre estará formada.

O objetivo do jogo, é derrubar as latas ou copos. Para isso, poderá ser utilizada qualquer bolinha que você tenha disponível ( bolinha de meia, de tênis, bolinha da piscina de bolinhas, etc) ou fazer uma bolinha de papel.

Após as brincadeiras realizadas, se desejarem as crianças poderão ganhar alguma prenda pela participação e ou comemorar saboreando pipocas, milho verde, pinhão, bolo, doces ou outras gostosuras.

Deixe seu comentário e conte para nós como foi o arraiá na escola ou em casa com a família.

 

Sempre que precisarem, entrem em contato conosco!

Grande abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil Aprende Brasil

edinfantil@aprendebrasil.com.br

 

Referências

https://www.tempojunto.com/2019/05/13/brincadeira-de-movimento-com-bexiga-corrida-do-pinguim/ Brincadeira adaptada. Acesso em 15/06/2021

https://www.tempojunto.com/2015/06/12/brincadeiras-de-festa-junina-para-um-arraial-de-arrasar/  Brincadeiras adaptadas Acesso 15/06/2021

Deixe o seu comentário!

29/06/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – Fes...

Olá, Professores!   É diversão, é alegria, é festa para os bebês e crianças bem pequenas! E por falar em diversão e alegria, elas adoram brincar com tecidos. Pedaços grandes, pequenos, estampados e colorido...

29/06/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – Festa junina: que tal alegrar o arraiá na escola ou em casa?

Olá, Professores!

 

É diversão, é alegria, é festa para os bebês e crianças bem pequenas!

E por falar em diversão e alegria, elas adoram brincar com tecidos. Pedaços grandes, pequenos, estampados e coloridos se transformam em capas de super-heróis, vestidos encantados, tendas, casinhas de faz de conta e até mesmo como “cheirinho” e isso tudo para os bebês e as crianças bem pequenas é sempre um prato cheio para descobertas e explorações. Desvendar os cheiros, os toques, texturas, cores e coordenar os movimentos representam pura diversão e encantamento.

Todos os anos, quando o final do primeiro semestre se aproxima, as escolas começam a pensar na organização das festividades do mês de junho e julho. Isso por conta das festas juninas e alguma vezes julinas que acontecem nas cidades e em várias escolas.

Neste ano, por conta da pandemia, infelizmente as festas juninas não acontecerão como gostaríamos. Mas sem a festa presencial e apesar do distanciamento social, a celebração popular não precisa passar despercebida. É possível propor atividades e brincadeiras interessantes para serem realizadas com bebês e crianças bem pequenas. E o legal, é que elas podem ser realizadas na escola ou em casa com a família.

Então, que tal aproveitar o período de festa junina e realizar brincadeiras com tecidos? Só que, como estamos falando em festa junina, a sugestão é escolher fitas diversas, tecido xadrez, jutas, chitas de várias cores, tamanhos e espessuras, já que esse material reflete o espírito junino. Inclusive, é possível aproveitar o material na decoração da sala de aula, da escola ou da residência, apresentando às crianças novos usos e seus significados.

  • Caixa do Kit

Dentro da caixa, colocar os materiais: fitas diversas, tecidos xadrez, chitas, jutas e outros tecidos que desejarem e que lembrem festa junina.

  • Despertando o interesse

Sem interferir na criatividade dos pequenos, despertar o interesse e favorecer a livre exploração, organize os tecidos espalhados no chão, num espaço amplo em suportes ou locais em que seja possível amarrá-los e pendurá-los.

Será perceptível a curiosidade e a vontade das crianças em manipular e estender os tecidos, deitar sobre eles, cobrir-se, colocar na cabeça, na boca, cheirar, puxar, apenas passar as mãos, se enrolar e alternar a exploração dos variados tamanhos, estampas e texturas.

  • Explorando e descobrindo

Passada a primeira euforia, possivelmente as crianças começarão a pensar em brincadeiras mais elaboradas. Nesse momento, é importante o olhar e a escuta atenta, observando as criações e invenções, não descartando-se as possíveis intervenções do adulto, porém sem usar da sua “interferência” nas elaborações realizadas. Aqui as crianças descobrirão várias possibilidades de utilização dos tecidos.

Aproveitando o trabalho sobre festa junina, colocar as músicas típicas, fazer as pinturas típicas nos pequenos ( só muita atenção: não utilizar produtos em crianças que são alérgicas)e disponibilizar apetrechos como chapéus e adereços para despertar ainda mais o interesse, promover a exploração, a criação e a descoberta. As músicas divertem, alegram e encantam o mundo dos bebês e das crianças bem pequenas. Deixe-as criar, cantar, dançar e se divertir como conseguirem, de acordo com suas capacidades, interesses e como desejarem.

  • Acabando a brincadeira suavemente

Nas brincadeiras com tecidos, os bebês e as crianças bem pequenas vão naturalmente se cansando, brincando de dormir ou abrigando-se nas cabanas, nos colchonetes ou nos tapetes e almofadas disponibilizadas pelo ambiente. No caso dos bebês, é importante faze-los dormir como de costume e para as crianças bem pequenas, sugere-se aproveitar essas situações, trazendo a questão do cansaço e do sono como proposta lúdica: colocar a caixa do kit no centro do ambiente e convidar os pequenos a colocar os panos cansados para dormir também! Vocês perceberão quantas situações interessantes surgirão como: crianças cantarolando cantigas de ninar, ajeitando o tecido para dormir como se fosse um bebê, dialogando com o tecido fazendo de conta que é uma criança, etc. Portanto, é interessante observar e levantar as possibilidades que brotam naquele momento para terminar suavemente a brincadeira.

E, no momento de decorar a escola para a festa, as crianças podem pegar os tecidos já conhecidos do kit e ajudar na decoração. Nesse sentido, as brincadeiras realizadas com os tecidos de chita vão contribuir com a contextualização da data comemorativa.

 

Deixe seu comentário e conte para nós como foi a brincadeira com tecidos no arraiá na escola ou em casa com a família.

 

Sempre que precisarem, entrem em contato conosco!

Grande abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil Aprende Brasil

edinfantil@aprendebrasil.com.br

 

REFERÊNCIAS:

https://tempodecreche.com.br/repertorio-cultural/chita-festa-junina-e-um-kit-para-brincadeiras/#more-5400 Proposta adaptada. Acesso em 15/06/2021

Deixe o seu comentário!