Últimas Publicações:

02/07/2021 - Língua Portuguesa

Neologismos

Olá, professores(as). Tudo bem com vocês? A língua é viva, dinâmica e está em constante evolução. Ela acompanha as transformações sociais que ocorrem a todo momento, em todos os lugares. A partir das interaçõ...

02/07/2021 - Língua Portuguesa

Neologismos

Olá, professores(as).

Tudo bem com vocês?

A língua é viva, dinâmica e está em constante evolução. Ela acompanha as transformações sociais que ocorrem a todo momento, em todos os lugares.
A partir das interações sociais surgem os neologismos, que podem ocorrer em diferentes níveis: sintático, semântico, no empréstimo de outras línguas, entre outros.

Essas construções linguísticas permitem inúmeras possibilidades de estudo e são muito divertidas para serem trabalhada com os alunos.

Hoje, vamos propor uma sugestão de atividade para brincar com essas palavras.

Selecione vários neologismos diferentes e elabore dicas que expliquem suas ocorrências nas interações informais.

O objetivo é que os alunos tentem adivinhar, exemplo:

– Em nível fonológico: palavra usada em momentos informais de despedida… (Resposta: xau)
– Em nível sintático: palavra usada para expressar o ato de repetir… (Resposta: repeteco)
– Em nível semântico: palavra usada em situação constrangedora de briga ou escândalo… (Resposta: barraco)
– Em nível de empréstimo: palavra usada para caracterizar o produtor de conteúdos em um blog… (Resposta: blogueiro)

A ideia é selecionar várias palavras que usamos em nosso dia a dia, com o objetivo de enfatizar seus processos de formação.

Outra sugestão interessante é selecionar algumas imagens para contextualizar e auxiliar nas dicas que você dará aos alunos.

Já realizou uma prática como essa?
Comente aqui!

Até logo!

Assessoria de Língua Portuguesa
linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

14/06/2021 - Matemática

Sugestão de Ativida...

Olá, professores! Sejam bem-vindos a esta seção, onde você encontrará algumas sugestões de atividades para trabalhar com os estudantes do 1° Ano do Ensino Fundamental, explorando números até 50, relacionando com...

14/06/2021 - Matemática

Sugestão de Atividade de Matemática

Olá, professores!

Sejam bem-vindos a esta seção, onde você encontrará algumas sugestões de atividades para trabalhar com os estudantes do 1° Ano do Ensino Fundamental, explorando números até 50, relacionando com as habilidades:

(EF01MA01) Utilizar números naturais como indicador de quantidade ou de ordem em diferentes situações cotidianas e reconhecer situações em que os números não indicam contagem nem ordem, mas sim código de identificação.
(EF01MA02) Contar de maneira exata ou aproximada, utilizando diferentes estratégias como o pareamento e outros agrupamentos.
(BRASIL, 2018, p. 279)

Para acessar: Sugestão de Atividade de Matemática

Fique ligado! Na próxima semana teremos mais publicações.

Até breve!

Referência:

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/bncc-20dez-site.pdf> . Acesso em: maio, 2018.

Deixe o seu comentário!

14/06/2021 - Língua Portuguesa

Provador de palavras

Olá, professores(as). Como vocês estão? Hoje vamos propor uma prática para explorar os usos e os efeitos de sentido das palavras nos textos. – Primeiro, selecione o tema que deseja trabalhar com seus alunos: ad...

14/06/2021 - Língua Portuguesa

Provador de palavras

Olá, professores(as).

Como vocês estão?

Hoje vamos propor uma prática para explorar os usos e os efeitos de sentido das palavras nos textos.

– Primeiro, selecione o tema que deseja trabalhar com seus alunos: adjetivos, advérbios, verbos de elocução, conjunções, coesão textual etc.

– Em seguida, selecione vários fragmentos de diferentes gêneros textuais: títulos de filmes, trechos de música, mensagens informais, reportagens, citações, poemas etc.

– Prepare uma exposição desses fragmentos para que todos os alunos leiam, analisem e interpretem a partir do contexto em que foram produzidos.

– Se, por exemplo, o seu objetivo for explorar o uso dos verbos de elocução, para cada fragmento selecionado, apresente outros verbos para que os alunos experimentem uma substituição e reescrevam o trecho, apresentando um novo sentido.

Exemplo
Gênero textual: Fábula

Fragmento: – Onde você está? – perguntou a lebre.
Verbos para experimentação: questionou – disse – indagou – respondeu – gritou – explicou.

O objetivo é que os alunos brinquem com a alteração dos verbos e analisem os efeitos causados pela substituição.

Depois, elabore algumas questões para direcionar essa análise e proponha uma conversa sobre todas as substituições.

Você pode realizar essa prática usando material físico (cartinhas com os verbos), pode realizar no modelo tradicional (escrevendo ou projetando no quadro) e também no modelo on-line (com animações em slides ou em um arquivo digital).

Já realizou uma prática como essa? Como você fez?
Comente aqui.

Até breve!
Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

17/02/2021 - Geografia, História, Língua Portuguesa

Mão na massa, Brasil! – Fontes Históricas na prática

 

Palavras-chave:

Fontes históricas, autonomia, ensino de história, prática pedagógica, interdisciplinaridade.

Segmento/ano:

Ensino Fundamental

 

Objetivos de aprendizagem (BNCC):

  1. Selecionar objetos e documentos pessoais e de grupos próximos ao seu convívio e compreender sua função, seu uso e seu significado.
  2. Compilar histórias da família e/ou da comunidade registradas em diferentes fontes.
  3. Identificar as formas de registro utilizadas na produção do saber histórico.
  4. Identificar aspectos e formas de registro das sociedades antigas na África (egípcios), no Oriente Médio (mesopotâmicos) e nas Américas, distinguindo alguns significados presentes na cultura material e na tradição oral dessas sociedades.

Olá!

Na última postagem falamos sobre a importância das fontes históricas para o ensino de História (para ler o post, clique AQUI).

E como fazer isso na prática?

De início, é importante destacar que não só documentos escritos podem ser chamados de fontes históricas. Há, por exemplo, fontes materiais (vasos, esculturas, etc.), fontes orais (relatos de pessoas que vivenciaram uma acontecimento) e fontes visuais (pinturas, documentários, etc.).

Esses diversos tipos de documentos podem ser apresentados para nossos educandos como máquinas do tempo, transformando a sala de aula em um divertido laboratório. Para tratar das fontes históricas, podemos usar a Base Nacional Comum Curricular – BNCC com o que ela chama de atitude historiadora:

  1. Analisar – problematizar a fonte e a visão que se tem sobre ela
  2. Comparar – olhar para outras práticas que se assemelham da tratada na fonte
  3. Contextualizar – localizar momentos e lugares específicos da produção da fonte e de seu conteúdo
  4. Identificar – utilizar da percepção e interação com a fonte para conhecê-la melhor
  5. Interpretar – depois de todos os passos acima é possível ler a fonte com um olhar mais crítico e atento aos detalhes

Esse passo a passo, como a própria BNCC sugere, faz parte da atitude de um historiador e pode ser um instrumento para que nossos estudantes aprendam de maneira autônoma sobre História!

 

Para acessar o PDF clique na imagem ou AQUI.

 

O convite aqui é para que os educandos levem para a sala de aula fontes que permeiam o seu dia a dia. Nos anos iniciais seria interessante que os documentos selecionados fizessem parte das vivências familiares e da comunidade da qual faz parte – como fotos de família, livros de receita, etc. Já nos anos finais, é possível expandir a escolha para fontes em nível nacional e mundial – por exemplo, o diário de Anne Frank, vasos ilha de Creta ou quem sabe o áudio do primeiro samba brasileiro?

O exercício com as fontes históricas, atreladas a atitude historiadora, estimulam a autonomia de pensamento

e a capacidade de reconhecer sujeitos que vivem de acordo com a época e o lugar em que se encontram. Isso possibilita observar o que é preservado ou transformado ao longo do devir histórico.

A atividade sugerida pode ser um convite para trabalhar a interdisciplinaridade: mobilizar mapas como fonte, unindo-se a Geografia, ou textos literários, adentrando no campo da Literatura.

 

E aí, bora colocar a mão na massa junto com os estudantes?

 

Habilidades mobilizadas (BNCC):

EF02HI04 Selecionar e compreender o significado de objetos e documentos pessoais como fontes de memórias e histórias nos âmbitos pessoal, familiar, escolar e comunitário.

EF06HI02 Identificar a gênese da produção do saber histórico e analisar o significado das fontes que originaram determinadas formas de registro em sociedades e épocas distintas.

 

*Texto escrito em parceria entre: Equipe Assessoria de História e Professora Daniela Pereira da Silva

 

Sempre que precisar entre em contato conosco: historia@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: Instagram @aprendebrasil / YouTube: Sistema Aprende Brasil

 

 

Referências:
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/bncc-20dez-site.pdf>. Acesso em: maio, 2018.
FERREIRA, Marieta de Morais; OLIVEIRA, Margarida Maria Dias de. Dicionário de Ensino de História. Editora FGV, 2019.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. Editora Paz & Terra, 2019.
PINSKY, Carla Bassanezi. Fontes históricas. Editora Contexto, 2005.

Deixe o seu comentário!

31/10/2020 - Língua Portuguesa

Tutorial não verbal

Olá, professores(as). Tudo bem com vocês? O tutorial é um gênero textual que pode ser explorado em muitas atividades. Hoje, vamos indicar uma prática diferente: um tutorial de imagens. Atividade: Proponha aos alunos...

31/10/2020 - Língua Portuguesa

Tutorial não verbal

Olá, professores(as).
Tudo bem com vocês?

O tutorial é um gênero textual que pode ser explorado em muitas atividades.

Hoje, vamos indicar uma prática diferente: um tutorial de imagens.

Atividade:

Proponha aos alunos a elaboração de um tutorial. Para isso, escolha um tema central, por exemplo: sustentabilidade;

Em seguida, eles precisarão fazer uma pesquisa sobre o tema geral, explorando técnicas, estratégias e ideias para uma vida mais sustentável;

Depois da pesquisa, peça aos alunos que delimitem algum tema específico. Por exemplo: armazenamento de água, reaproveitamento de embalagens, reciclagem etc;

Depois de definir o tema e coletar informações sobre uma dessas iniciativas, peça aos alunos que elaborem (em uma folha de papel) um rascunho contendo o passo a passo e a descrição do tutorial;

Em seguida, solicite que, para cada passo descrito, eles precisarão fazer uma foto explicativa. Cada imagem deve conter todas as informações necessárias que foram descritas em cada passo. Isso é fundamental para que o leitor possa entender a dinâmica do tutorial;

As fotos poderão ser numeradas e organizadas em um arquivo, formando assim um tutorial não verbal;

Depois de pronto, os alunos deverão enviar os arquivos ao professor;

O professor fará a leitura do tutorial de imagens e analisará o que ficou bom e o que poderia ser melhorado, indicando possíveis correções ou alterações;

Em seguida, o professor trocará os tutorias entre a turma;

Cada aluno receberá um tutorial feito por outro colega e precisará fazer a descrição dos passos, tomando como referência apenas as imagens;

A ideia de fazer essa troca é mostrar aos alunos a importância da sintonia entre a clareza das imagens, a indicação dos passos e a descrição dos detalhes;

Por fim, professor e alunos analisarão os tutorias, observando a clareza e a coerência entre o texto verbal e não verbal.

Essa foi a dica de hoje.

Até breve!
Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.

Deixe o seu comentário!

16/10/2020 - Língua Portuguesa

Timeline

Olá, professor(a). Hoje vamos propor uma prática divertida para você realizar com seus alunos. Essa proposta pode ser adaptada para o ensino remoto, híbrido ou presencial. A Timeline ou “linha do tempo” é uma es...

16/10/2020 - Língua Portuguesa

Timeline

Olá, professor(a).

Hoje vamos propor uma prática divertida para você realizar com seus alunos. Essa proposta pode ser adaptada para o ensino remoto, híbrido ou presencial.

A Timeline ou “linha do tempo” é uma estratégia que pode ser usada para relembrar os conteúdos que foram estudados durante o ano, mas também pode ser desenvolvida por meio de uma atividade específica que envolva diferentes temas, assuntos ou áreas do conhecimento.

Para contextualizar a prática, você pode iniciar discutindo o conceito de linha do tempo. Para facilitar a percepção dos alunos sobre isso, você pode produzir uma reflexão a partir da estrutura das postagens em redes sociais.

Atividade:

Determine algumas categorias, por exemplo: esporte, saúde, tecnologia, literatura etc.

Para cada categoria, selecione diferentes acontecimentos relacionados às invenções, descobertas, evolução tecnológica etc.

Por exemplo:

– Futebol: tetra campeonato; copa no Brasil; 7×1; VAR; Marta; Pelé etc.

– Saúde:  Peste bubônica; transplante de órgãos no Brasil; covid-19; descoberta dos raios X etc.;

– Tecnologia: televisão; rádio; celular; eletricidade; Wi-Fi; GPS; computador etc.;

– Literatura: Memórias Póstumas de Brás Cubas; O Cortiço; Vidas Secas; Dom Casmurro; Os Sertões etc.;

O ideal é que você selecione vários eventos categorizados para que os alunos construam uma ordem cronológicas dos fatos;

Outra opção é usar apenas imagens históricas (sem legendas ou referências) para que os alunos construam uma relação lógica;

O objetivo dessa atividade é praticar leitura, reflexão, pesquisa e diálogo entre os alunos.

Você pode realizar essa prática com diferentes propósitos: atividade de revisão; aquecimento para um debate sobre algum tema específico; desenvolvimento do estudo de algum gênero textual que esteja relacionado ao tema em questão; propostas interdisciplinares com assuntos de outras áreas; ampliação de temas interessantes para a elaboração de textos escritos etc.

Use a criatividade!

Você já realizou uma proposta como essa?

Comente aqui.

Até breve!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

 

 

Deixe o seu comentário!