Últimas Publicações:

28/06/2022 - Educação Infantil

Bebês e CIA: Coorde...

Olá, Professores! Um dos objetivos da BNCC do campo de experiência Corpo, gestos e movimentos, fala sobre a importância da criança bem pequena desenvolver progressivamente as habilidades manuais, adquirindo controle ...

28/06/2022 - Educação Infantil

Bebês e CIA: Coordenação motora fina e pareamento de cores

Olá, Professores!

Um dos objetivos da BNCC do campo de experiência Corpo, gestos e movimentos, fala sobre a importância da criança bem pequena desenvolver progressivamente as habilidades manuais, adquirindo controle para desenhar, pintar, rasgar, folhear, entre outros. A facilidade com as habilidades manuais será maior, quanto mais estímulos forem ofertados às crianças com atividades lúdicas de coordenação motora fina. Há uma grande variedade de recursos e objetos que possibilitam tais vivências.

Hoje trouxemos uma ideia bem fácil de confeccionar! Você vai precisar de:

– 12 tampinhas de garrafa (6 pares de cores iguais);

– Um pedaço de papelão;

– Elásticos de dinheiro;

– Massinha de modelar.

Monte o tabuleiro como nas fotos a seguir, colando as tampinhas com cores iguais próximas umas das outras.

Sugestão 1 – Ligar as cores: A criança deve colocar o elástico em volta das tampinhas de cores iguais.

Sugestão 2 – Parear as cores com massinha. A criança faz uma bolinha com massinha e coloca na tampinha de mesma cor.

Disponível em: https://br.pinterest.com/pin/1009369335208209763/

Além do desenvolvimento da coordenação motora fina, com a sugestão 2 – pareamento de cores, a criança associa e reproduz um padrão, o que estimula a percepção visual, a atenção e o reconhecimento das cores.

Gostaram? Compartilhem conosco como foram as experiências e os aprendizados! Vamos gostar de saber!

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

28/06/2022 - Educação Infantil

Baú de Ideias: Corr...

Olá, Professores! Hoje vamos falar sobre MATEMÁTICA, sobre contagem e quais são as aprendizagens necessárias para que a criança aprenda a contar! Para que a criança aprenda a contar, além de saber recitar os núme...

28/06/2022 - Educação Infantil

Baú de Ideias: Correspondência de formas

Olá, Professores!

Hoje vamos falar sobre MATEMÁTICA, sobre contagem e quais são as aprendizagens necessárias para que a criança aprenda a contar!

Para que a criança aprenda a contar, além de saber recitar os números, precisa fazer a correspondência com a quantidade e dominar a correspondência biunívoca, ou seja, fazer a correspondência um a um, que diz que cada elemento ou objeto pode ser contado somente uma vez. Por meio de brincadeiras, jogos, experiências lúdicas e fazendo uso de materiais concretos, essas aprendizagens podem ser mais facilmente assimiladas.

E, para contribuir com essas experiências, hoje trouxemos uma dica de brincadeira de correspondência das formas! Fácil de fazer e divertido de brincar!

Precisa só de papel, riscantes e alguns objetos e/ou brinquedos. Confira as fotos!

Fotos: @brinquedoterapia

Em um primeiro momento, o professor pode fazer o contorno dos objetos e/ou brinquedos e a criança, com os objetos à vista, deve coloca-los em cima das formas, fazendo a correspondência. Depois, pode-se propor desafios: as crianças devem encontrar, na sala ou no ambiente onde estão, os objetos para fazer a correspondência e, ainda, um desafio a mais: uma criança pode escolher os objetos e/ou brinquedos que deseja contornar para que um amigo faça as correspondências. Se quiserem, podem marcar o tempo e, ao sinal, realizar a contagem dos objetos. Ganha quem tiver mais objetos, ou seja, quem tiver conseguido fazer a maior quantidade de correspondências. Combinem as regras previamente e… boa diversão!

Gostaram? Compartilhem conosco como foram as experiências e os aprendizados! Vamos gostar de saber!

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

26/05/2022 - Educação Infantil

Baú de Ideias: Brin...

Olá, professor (a) Sabemos que as brincadeiras e interações, são os eixos estruturantes da BNCC, pois são de extrema importância para o desenvolvimento da criança. A brincadeira é uma linguagem da infância, port...

26/05/2022 - Educação Infantil

Baú de Ideias: Brincadeiras de faz de conta

Olá, professor (a)

Sabemos que as brincadeiras e interações, são os eixos estruturantes da BNCC, pois são de extrema importância para o desenvolvimento da criança. A brincadeira é uma linguagem da infância, portanto, é a maneira como a criança se expressa.

E o faz de conta? Você se lembra quando brincava de mercado, de super-herói, de casinha e a imaginação tomava conta da brincadeira? Pois é, na fase dos 4 e 5 anos, a brincadeira de faz de conta, a famosa “é só de mentirinha”, faz parte do repertório brincante da infância. O jogo simbólico instiga a imaginação, permite que a criança estabeleça relações e compreenda o mundo em que vive, através das imitações e representações.

E já que estamos falando de brincadeiras de faz de conta, vamos ampliar?

Olha o sorvete! Sorvete de morango, chocolate, uva… Quem vai querer?

Você vai precisar de:

– Papel colorido

– Cola ou fita durex, para colar os cones de papel, que serão as “casquinhas” do sorvete.

– Vasilhas de plástico

– Pegador de sorvete ou colher

Pronto! Imaginação ativada e diversão garantida!

Vamos lá?

Depois conte para nós ou registre o momento para compartilhar conosco!

 

Forte abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil

Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com.br

Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

 

 

 

 

Deixe o seu comentário!

26/05/2022 - Educação Infantil

Bebês e CIA: O brin...

Olá, professor (a) Você já percebeu que todo objeto vira brinquedo para bebês e crianças bem pequenas, não é mesmo? Ao observar a movimentação dos pequenos na creche, percebe-se que objetos não estruturados, co...

26/05/2022 - Educação Infantil

Bebês e CIA: O brincar heurístico

Olá, professor (a)

Você já percebeu que todo objeto vira brinquedo para bebês e crianças bem pequenas, não é mesmo?

Ao observar a movimentação dos pequenos na creche, percebe-se que objetos não estruturados, como caixas de papelão, tecidos, papel; chamam a atenção e despertam a curiosidade dos pequenos.

O brincar heurístico, é uma abordagem que possibilita a exploração espontânea e que não limita ao certo e errado. É livre e cheia de descobertas.

Os objetos devem ser disponibilizados para que os pequenos explorem livremente e com autonomia. O olhar atento e cuidadoso do(a) professor(a) é fundamental para este momento, pois além dos cuidados de segurança, permite conhecer melhor a criança e aumenta o repertório de ideias.

E já que estamos falando de brincadeiras com materiais não estruturados, que tal uma ampliação?

 

Você vai precisar de:

-Caixa de ovos

-Rolhas

-Pegador de macarrão ou de gelo

Sem dar as coordenadas para os pequenos, observe atentamente a maneira como irão manusear. Uma brincadeira simples, mas cheia de descobertas!

Vamos lá?

Conte para gente como foi essa experiência.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

Deixe o seu comentário!

06/04/2022 - Ciências, Geografia

Criatividade em paut...

Olá professora! Olá professor! Como anda sua criatividade? Você tem conseguido inovar em suas aulas de Geografia? Os alunos se sentem interessados e/ ou motivados em suas aulas? Essas e outras perguntas são important...

06/04/2022 - Ciências, Geografia

Criatividade em pauta

Olá professora! Olá professor!

Como anda sua criatividade? Você tem conseguido inovar em suas aulas de Geografia? Os alunos se sentem interessados e/ ou motivados em suas aulas? Essas e outras perguntas são importantes termômetros sobre o nosso trabalho como educador, pois, infelizmente, a escola nem sempre consegue acompanhar a velocidade das mudanças na sociedade como um todo.  Com certeza você já deve ter ouvido alunos, pais, amigos comentarem que as aulas de Geografia são maçantes e que não tem relação com a realidade.

Observe que este é o pior equívoco, pois o componente curricular pode não agradar a todos, mas afirmar que está distante da realidade, é algo que não podemos aceitar. Por isso, a necessidade de buscar questionamentos que insiram o aluno, o conteúdo e a realidade, em um mesmo “pacote”. Por exemplo, no 6o ano/3o volume, poderia iniciar o capítulo sobre Clima, questionando os alunos se há uma relação entre condições atmosféricas e voos de balões, asa-deltas, aeronaves.

Ainda, sobre  clima que é um assunto recorrente em todo o Ensino Fundamental, é possível falar sobre a relação entre desastres naturais como enchentes e furacões e a propagação de vetores como parasitas, vírus e bactérias, e, a estiagem, atrelada à desnutrição. Com isso, não só estamos trazendo a realidade para as aulas, como estamos vinculando a Geografia a outros componentes curriculares, como Ciências.

Gostou do artigo? Como você tem instigado a curiosidade geográfica em seus alunos? Compartilhe conosco
Equipe Assessoria de Geografia
Sempre que precisar entre em contato:  geografia@aprendebrasil.com.br
 Siga nossas redes sociais: Instagram @aprendebrasil / YouTube: Sistema Aprende Brasil

 

Referências:
Fonte imagem: https://pixabay.com/pt/photos/mapa-mundial-pessoas-figuras-6189261/ Acesso em o6 abr. 2022

 

 

Deixe o seu comentário!

24/02/2022 - Língua Portuguesa

LITERATURA: use e ab...

Olá, Professores! No mundo inteiro as pessoas conhecem a história dos Três Porquinhos, mas a versão do Lobo vocês conhecem? A versão onde ele é a vítima da história? Coitadinho do Lobo que de mau não tem nada. ...

24/02/2022 - Língua Portuguesa

LITERATURA: use e abuse da imaginação.

Olá, Professores!

No mundo inteiro as pessoas conhecem a história dos Três Porquinhos, mas a versão do Lobo vocês conhecem? A versão onde ele é a vítima da história? Coitadinho do Lobo que de mau não tem nada. Será?

Que tal apresentar às crianças o outro lado da história e promover um debate por meio de dobraduras, teatro, narrativas , HQs, entre outras possibilidades?

Se não for possível ter acesso ao livro, segue um link , a hora do conto,  https://www.youtube.com/watch?v=Hpgbhy3nfX0

Professor, antes de ler ou apresentar o vídeo “a verdadeira história dos três porquinhos” ler a história clássica dos Três Porquinhos.

Após a leitura das histórias, promover uma roda de conversa . Possibilidades para iniciar a roda:

  • qual a versão eles preferem? Poderá fazer um gráfico para deixar exposto na sala.
  • Qual das versões vocês acham que é a verdadeira?

Promover um momento para confecção de dobraduras. Segue link (passo a passo).

Com as dobraduras, suas crianças poderão apresentar teatro com a versão escolhida pelo grupo. O importante é promover atividades com as duas versões da história. Quem sabe não surge uma terceira  criada pelas crianças?

https://www.youtube.com/watch?v=WhJ_IDUe0zo ( Dobradura do lobo).

Professor, use a sua imaginação para proporcionar um momento mágico para seus alunos.

Aqui, colocamos uma possibilidade que pode ser ampliada de acordo com a faixa etária das crianças.

Bom trabalho!

 

 

Deixe o seu comentário!