Últimas Publicações:

19/09/2021 - Língua Portuguesa

Varal de história c...

Olá, professor(a)! Tudo bem com você? Esperamos encontrá-lo(a) bem e em segurança! Hoje trazemos uma sugestão de proposta muito legal: o varal de história com elemento intruso! E o melhor: tem todo o material aqui ...

19/09/2021 - Língua Portuguesa

Varal de história com elemento intruso

Olá, professor(a)! Tudo bem com você? Esperamos encontrá-lo(a) bem e em segurança!

Hoje trazemos uma sugestão de proposta muito legal: o varal de história com elemento intruso! E o melhor: tem todo o material aqui para você baixar, imprimir e se divertir com seus alunos, ao mesmo tempo em que desenvolve importantes habilidades relacionadas à leitura/compreensão; produção de texto e oralidade! Vamos lá?!

Primeiro, escolha o conto de fadas com que você quer trabalhar com os alunos (é importante que eles já conheçam a história) e faça a impressão. Você também pode escolher outra história e montar o seu – basta que tenha imagens com a sequência da narrativa – ah, mas é importante inserir, em cada cena, alguns elementos intrusos (que não façam parte da história original – isso vai tornar a proposta mais interessante e divertida).

Imagem usada apenas para fins didáticos.
Imagem usada apenas para fins didáticos.
Imagem usada apenas para fins didáticos.
Imagem usada apenas para fins didáticos.
Imagem usada apenas para fins didáticos.
Imagem usada apenas para fins didáticos.

Depois de feita a impressão, corte e embaralhe. Entregue as cenas impressas para um grupo de alunos, junto com um pedaço de barbante (suficiente para montar um varal com a história toda) e prendedores. Explique aos alunos que eles devem montar a história, prendendo cada cena no barbante (com o prendedor), na sequência da narrativa. E que eles devem se preparar para contar a história para toda a turma, com bastante atenção e inserindo os elementos intrusos na história, de forma criativa e que faça sentido.

Eles vão se divertir muito! E você também! Ah, e também é possível solicitar que eles escrevam a história contada depois – pode ser até de forma coletiva. E não se esqueça de registrar este momento!

Gostou da proposta?! Conte aqui para nós e também deixe sua sugestão!

Abraço e até breve!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br 

Deixe o seu comentário!

02/07/2021 - Língua Portuguesa

Neologismos

Olá, professores(as). Tudo bem com vocês? A língua é viva, dinâmica e está em constante evolução. Ela acompanha as transformações sociais que ocorrem a todo momento, em todos os lugares. A partir das interaçõ...

02/07/2021 - Língua Portuguesa

Neologismos

Olá, professores(as).

Tudo bem com vocês?

A língua é viva, dinâmica e está em constante evolução. Ela acompanha as transformações sociais que ocorrem a todo momento, em todos os lugares.
A partir das interações sociais surgem os neologismos, que podem ocorrer em diferentes níveis: sintático, semântico, no empréstimo de outras línguas, entre outros.

Essas construções linguísticas permitem inúmeras possibilidades de estudo e são muito divertidas para serem trabalhada com os alunos.

Hoje, vamos propor uma sugestão de atividade para brincar com essas palavras.

Selecione vários neologismos diferentes e elabore dicas que expliquem suas ocorrências nas interações informais.

O objetivo é que os alunos tentem adivinhar, exemplo:

– Em nível fonológico: palavra usada em momentos informais de despedida… (Resposta: xau)
– Em nível sintático: palavra usada para expressar o ato de repetir… (Resposta: repeteco)
– Em nível semântico: palavra usada em situação constrangedora de briga ou escândalo… (Resposta: barraco)
– Em nível de empréstimo: palavra usada para caracterizar o produtor de conteúdos em um blog… (Resposta: blogueiro)

A ideia é selecionar várias palavras que usamos em nosso dia a dia, com o objetivo de enfatizar seus processos de formação.

Outra sugestão interessante é selecionar algumas imagens para contextualizar e auxiliar nas dicas que você dará aos alunos.

Já realizou uma prática como essa?
Comente aqui!

Até logo!

Assessoria de Língua Portuguesa
linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

29/06/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – Fes...

Olá, Professores!   É diversão, é alegria, é festa para os bebês e crianças bem pequenas! E por falar em diversão e alegria, elas adoram brincar com tecidos. Pedaços grandes, pequenos, estampados e colorido...

29/06/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – Festa junina: que tal alegrar o arraiá na escola ou em casa?

Olá, Professores!

 

É diversão, é alegria, é festa para os bebês e crianças bem pequenas!

E por falar em diversão e alegria, elas adoram brincar com tecidos. Pedaços grandes, pequenos, estampados e coloridos se transformam em capas de super-heróis, vestidos encantados, tendas, casinhas de faz de conta e até mesmo como “cheirinho” e isso tudo para os bebês e as crianças bem pequenas é sempre um prato cheio para descobertas e explorações. Desvendar os cheiros, os toques, texturas, cores e coordenar os movimentos representam pura diversão e encantamento.

Todos os anos, quando o final do primeiro semestre se aproxima, as escolas começam a pensar na organização das festividades do mês de junho e julho. Isso por conta das festas juninas e alguma vezes julinas que acontecem nas cidades e em várias escolas.

Neste ano, por conta da pandemia, infelizmente as festas juninas não acontecerão como gostaríamos. Mas sem a festa presencial e apesar do distanciamento social, a celebração popular não precisa passar despercebida. É possível propor atividades e brincadeiras interessantes para serem realizadas com bebês e crianças bem pequenas. E o legal, é que elas podem ser realizadas na escola ou em casa com a família.

Então, que tal aproveitar o período de festa junina e realizar brincadeiras com tecidos? Só que, como estamos falando em festa junina, a sugestão é escolher fitas diversas, tecido xadrez, jutas, chitas de várias cores, tamanhos e espessuras, já que esse material reflete o espírito junino. Inclusive, é possível aproveitar o material na decoração da sala de aula, da escola ou da residência, apresentando às crianças novos usos e seus significados.

  • Caixa do Kit

Dentro da caixa, colocar os materiais: fitas diversas, tecidos xadrez, chitas, jutas e outros tecidos que desejarem e que lembrem festa junina.

  • Despertando o interesse

Sem interferir na criatividade dos pequenos, despertar o interesse e favorecer a livre exploração, organize os tecidos espalhados no chão, num espaço amplo em suportes ou locais em que seja possível amarrá-los e pendurá-los.

Será perceptível a curiosidade e a vontade das crianças em manipular e estender os tecidos, deitar sobre eles, cobrir-se, colocar na cabeça, na boca, cheirar, puxar, apenas passar as mãos, se enrolar e alternar a exploração dos variados tamanhos, estampas e texturas.

  • Explorando e descobrindo

Passada a primeira euforia, possivelmente as crianças começarão a pensar em brincadeiras mais elaboradas. Nesse momento, é importante o olhar e a escuta atenta, observando as criações e invenções, não descartando-se as possíveis intervenções do adulto, porém sem usar da sua “interferência” nas elaborações realizadas. Aqui as crianças descobrirão várias possibilidades de utilização dos tecidos.

Aproveitando o trabalho sobre festa junina, colocar as músicas típicas, fazer as pinturas típicas nos pequenos ( só muita atenção: não utilizar produtos em crianças que são alérgicas)e disponibilizar apetrechos como chapéus e adereços para despertar ainda mais o interesse, promover a exploração, a criação e a descoberta. As músicas divertem, alegram e encantam o mundo dos bebês e das crianças bem pequenas. Deixe-as criar, cantar, dançar e se divertir como conseguirem, de acordo com suas capacidades, interesses e como desejarem.

  • Acabando a brincadeira suavemente

Nas brincadeiras com tecidos, os bebês e as crianças bem pequenas vão naturalmente se cansando, brincando de dormir ou abrigando-se nas cabanas, nos colchonetes ou nos tapetes e almofadas disponibilizadas pelo ambiente. No caso dos bebês, é importante faze-los dormir como de costume e para as crianças bem pequenas, sugere-se aproveitar essas situações, trazendo a questão do cansaço e do sono como proposta lúdica: colocar a caixa do kit no centro do ambiente e convidar os pequenos a colocar os panos cansados para dormir também! Vocês perceberão quantas situações interessantes surgirão como: crianças cantarolando cantigas de ninar, ajeitando o tecido para dormir como se fosse um bebê, dialogando com o tecido fazendo de conta que é uma criança, etc. Portanto, é interessante observar e levantar as possibilidades que brotam naquele momento para terminar suavemente a brincadeira.

E, no momento de decorar a escola para a festa, as crianças podem pegar os tecidos já conhecidos do kit e ajudar na decoração. Nesse sentido, as brincadeiras realizadas com os tecidos de chita vão contribuir com a contextualização da data comemorativa.

 

Deixe seu comentário e conte para nós como foi a brincadeira com tecidos no arraiá na escola ou em casa com a família.

 

Sempre que precisarem, entrem em contato conosco!

Grande abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil Aprende Brasil

edinfantil@aprendebrasil.com.br

 

REFERÊNCIAS:

https://tempodecreche.com.br/repertorio-cultural/chita-festa-junina-e-um-kit-para-brincadeiras/#more-5400 Proposta adaptada. Acesso em 15/06/2021

Deixe o seu comentário!

14/06/2021 - Língua Portuguesa

Provador de palavras

Olá, professores(as). Como vocês estão? Hoje vamos propor uma prática para explorar os usos e os efeitos de sentido das palavras nos textos. – Primeiro, selecione o tema que deseja trabalhar com seus alunos: ad...

14/06/2021 - Língua Portuguesa

Provador de palavras

Olá, professores(as).

Como vocês estão?

Hoje vamos propor uma prática para explorar os usos e os efeitos de sentido das palavras nos textos.

– Primeiro, selecione o tema que deseja trabalhar com seus alunos: adjetivos, advérbios, verbos de elocução, conjunções, coesão textual etc.

– Em seguida, selecione vários fragmentos de diferentes gêneros textuais: títulos de filmes, trechos de música, mensagens informais, reportagens, citações, poemas etc.

– Prepare uma exposição desses fragmentos para que todos os alunos leiam, analisem e interpretem a partir do contexto em que foram produzidos.

– Se, por exemplo, o seu objetivo for explorar o uso dos verbos de elocução, para cada fragmento selecionado, apresente outros verbos para que os alunos experimentem uma substituição e reescrevam o trecho, apresentando um novo sentido.

Exemplo
Gênero textual: Fábula

Fragmento: – Onde você está? – perguntou a lebre.
Verbos para experimentação: questionou – disse – indagou – respondeu – gritou – explicou.

O objetivo é que os alunos brinquem com a alteração dos verbos e analisem os efeitos causados pela substituição.

Depois, elabore algumas questões para direcionar essa análise e proponha uma conversa sobre todas as substituições.

Você pode realizar essa prática usando material físico (cartinhas com os verbos), pode realizar no modelo tradicional (escrevendo ou projetando no quadro) e também no modelo on-line (com animações em slides ou em um arquivo digital).

Já realizou uma prática como essa? Como você fez?
Comente aqui.

Até breve!
Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

20/05/2021 - Língua Portuguesa

Coesão lexical: ati...

Olá, professor(a). Tudo bem por aí?   Uma boa sugestão para trabalhar o desenvolvimento da escrita é explorar a coesão lexical, focando em algumas estratégias como, por exemplo, o uso dos mecanismos de reitera...

20/05/2021 - Língua Portuguesa

Coesão lexical: atividade lúdica

Olá, professor(a).

Tudo bem por aí?

 

Uma boa sugestão para trabalhar o desenvolvimento da escrita é explorar a coesão lexical, focando em algumas estratégias como, por exemplo, o uso dos mecanismos de reiteração da fala.

Para praticar esse processo, é possível explorar o uso de sinônimos, hiperônimos e nomes genéricos.

Uma sugestão interessante é selecionar um texto e pedir aos alunos um exercício de alteração das palavras por sinônimos ou por outras palavras que possuam o mesmo efeito semântico.

Se os seus alunos ainda estão no processo inicial do desenvolvimento da escrita, você pode substituir o uso do texto completo por títulos, parágrafos ou gêneros textuais menos complexos. A ideia é promover uma atividade lúdica para que os alunos tentem adivinhar o nome original das obras.

Você pode propor essa prática com vários gêneros textuais.

Exemplos:

 

Música:

“Olha que coisa mais linda / mais cheia de graça” (Tom Jobim)

“Veja que coisa tão bela / tão repleta de elegância”

 

Filme/Série/Programa:

Carros (Pixar)

Automóveis

 

Livro:

Vidas secas (Graciliano Ramos)

Existência enxuta

 

Provérbios ou expressões idiomáticas:

Tapar o sol com a peneira.

Esconder o a luz com utensílio de cozinha.

 

Outra opção é pedir aos alunos que selecionem os textos e façam as alterações, oferecendo a atividade dinâmica aos colegas da turma.

Essa é uma prática bem simples, mas que pode ser bem divertida e, ao mesmo tempo, contribuir no processo de desenvolvimento da escrita. O grau de dificuldade e o nível de complexidade só dependerá da seleção dos textos utilizados.

Essa atividade também pode ser adaptada para os diferentes momentos e contextos da sua aula.

 

Já realizou alguma prática como essa?

Comente aqui.

Até breve!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

14/05/2021 - Língua Portuguesa

Trabalhando com pron...

Olá, professor(a)! Tudo bem? Hoje trazemos mais uma proposta lúdica para trabalhar elementos linguísticos de uma forma leve e divertida com os alunos. É o Bingo dos Pronomes! E é importante reforçar que você pode ...

14/05/2021 - Língua Portuguesa

Trabalhando com pronomes de forma lúdica: bingo dos pronomes!

Olá, professor(a)! Tudo bem? Hoje trazemos mais uma proposta lúdica para trabalhar elementos linguísticos de uma forma leve e divertida com os alunos. É o Bingo dos Pronomes! E é importante reforçar que você pode adaptar a proposta, até aumentando seu grau de dificuldade e/ou inserindo outras classificações de pronomes, de acordo com o que você estiver trabalhando no momento.

Objetivos do jogo:

  • Trabalhar com os pronomes de forma contextualizada.
  • Praticar a classificação dos pronomes.
  • Observar a linguagem culta por meio do emprego adequado dos pronomes.

O que você irá precisar:

  • Cartelas previamente elaboradas com várias frases usando diferentes pronomes (ver sugestão abaixo).
  • Fichas com a classificação dos pronomes para que se possa sortear e “cantar” para que os alunos marquem em suas cartelas as frases que tenham aquele pronome “cantado”.

Como jogar:

  • Distribuir as cartelas para os alunos (o ideal é ter várias diferentes).
  • Você sorteia uma ficha (que traz a classificação de um pronome) e os alunos precisam ler as frases em suas cartelas para verificar se alguma traz aquele pronome “cantado” de forma destacada (é interessante pedir que eles registrem com lápis na cartela o pronome cantado onde acham que se encontra a frase correspondente para ficar mais fácil a conferência depois).
  • Aquele que completar primeiro a sua cartela ganha.
  • Observação: quando alguém completar o bingo, é importante que a conferência envolva toda a turma para que haja a reflexão sobre todo o processo. Se possível, escreva a frase no quadro e verifique com a turma se ali há o pronome cantado anteriormente. Deixem que eles discutam entre si, até chegarem a um consenso. Se for preciso, vá trazendo perguntas que gerem as reflexões necessárias no momento.

*Sugestões para a construção das cartelas: (Você pode clicar nas imagens e baixar o arquivo para impressão)

Elaborado pela Assessoria de Língua Portuguesa.

 

Elaborado pela Assessoria de Língua Portuguesa.

*Sugestões para a construção das fichas:

Elaborado pela Assessoria de Língua Portuguesa

Gostou da proposta? Já fez algo assim com seus alunos? Tem alguma outra sugestão para compartilhar? Deixe aqui seus comentários.

Até breve!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

 

*Atividade adaptada do livro “Jogos nas aulas de Português: linguagem, gramática e leitura”, de Rita de Cássia Santos Almeida (Editora Vozes, 2013, p. 107-108).

 

Deixe o seu comentário!