Últimas Publicações:

23/04/2021 - Educação Infantil

Baú de ideias – A...

Olá, Professores! Desejamos que todos estejam bem! Hoje, falaremos um pouquinho sobre criatividade, que é uma das habilidades mais importantes para se desenvolver uma atividade produtiva, tanto para nós professores, ...

23/04/2021 - Educação Infantil

Baú de ideias – A criatividade das crianças pequenas

Olá, Professores!

Desejamos que todos estejam bem!

Hoje, falaremos um pouquinho sobre criatividade, que é uma das habilidades mais importantes para se desenvolver uma atividade produtiva, tanto para nós professores, quanto para as crianças pequenas. Ser criativo é uma característica que faz a diferença, traz mais oportunidades e possibilidades de conhecimento e aprendizado.

Segundo Sir Ken Robinson, criatividade é um processo de ter ideias originais que tenham valor.

Processo e não uma ideia que veio do além; originais porque são únicos, autênticos, não são copiados e nem reproduzidos se tiverem algum valor.

Todos nascemos com um grande potencial criativo, apenas precisamos desenvolver a criatividade.

E isso inicia-se com os bebês e crianças bem pequenas, quando começam a se descobrirem como ser, estar e sobreviver no meio onde estão inseridos, ou seja no mundo que os cercam. E a infância é o momento ideal onde os professores podem contribuir por meio de atitudes e atividades simples e poderosas a estimular o pensamento criativo dentro do desenvolvimento natural das crianças.

No Blog “Bebês e CIA”, falamos que os bebês são cientistas, enquanto que as crianças bem pequenas são exploradoras.

Nesse Blog “Baú de ideias”, nos referimos às crianças pequenas com idade de 4 e 5 anos como inventoras. Nessa fase é como ocorresse um pico de criatividade das crianças as quais já dominam a imaginação que está muito presente em suas ações e que é muito importante e especial para elas.

Durante esse período, a criança entende que a sua mente é capaz de criar coisas e não há limites para que essa criação ocorra, porque acredita na sua própria capacidade e nada mais fantástico do que brincar de faz de conta, de explorar, de inventar, de criar possibilidades.

Nessa idade a criança está fazendo um ensaio para a vida, ensaiando como é viver enquanto brinca. Reproduz profissões, situações e também as suas vivências. Em geral, o que a criança expressa nessas brincadeiras de faz de conta são as referências que possuem dos adultos que a cerca e será esse inventor a partir dos interesses, estímulos e das referências que são fornecidas a ela.

Nesse caso, é importante oferecer para as crianças acessórios como, caixas, chapéus, lenços, toalhas, lençol, TNT ou qualquer outro tecido grande e outros materiais para que elas possam usar a criatividade, imaginação para transformá-los em que desejarem e para que a imaginação delas ganhe vida.

Outra opção, é formar uma brinquedoteca versátil, com materiais de montar e objetos como bonecas, panelinhas, louças de brinquedo e muito mais.

Brincar com materiais, acessórios, brinquedoteca versátil e brincar com seus pares são possibilidades de estimular a criatividade dessas crianças inventoras.

Brinquedos são seus companheiros e fundamentais para despertar a criatividade e esse poder de invenção que toda criança possui.  Basta uma diversidade deles e muito estímulo a cada momento.

Para isso, segue algumas sugestões interessantes, divertidas e estimulantes para as nossas crianças inventoras.

  1. Brincando com caixas de papelão

Para a criança inventar algo que tenha vontade.

Materiais: caixas de papelão e fita crepe

Observe nas imagens abaixo que lindo castelo e que cabana bacana foram inventadas e criadas pela criança.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2.Brincando com tecidos

Materiais: disponha lençóis, toalhas, TNT ou qualquer outro tecido e deixe a criatividade rolar solta entre as crianças. Poderá surgir uma barraca, uma tenda, um vestido e ou véu de noiva, uma capa de super herói, enfim deixe a criança “ inventar moda”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3.Gincana das profissões

Para fazer essa brincadeira, você precisa preparar uma lista de profissões: médico, veterinário, cozinheiro, cabeleireiro, bombeiro, professor…

Selecionar previamente alguns materiais e objetos relacionados com as profissões, deixando-os em espaços onde as crianças possam encontra-los. A atividade consiste em falar para a criança uma profissão dessa lista e pedir para ela procurar 3 objetos que sejam usados por um profissional desse ramo. Em seguida, deverá criar uma situação para representar a profissão falada para ela.

Por exemplo, ela pode pegar uma pedra e dizer que é o giz da professora. Ou pegar uma cartolina e dizer que é a lousa. É possível também.  É uma ótima maneira de ver até onde vai a imaginação das crianças.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas não esqueçam que o fundamental sempre e em qualquer faixa etária é conversar com a criança, olhar para o que a criança olha, compartilhar o olhar com ela, esticar a conversa, fazer perguntas como:  o quê? Como? Cadê? O que é isso? Porque e como fez isso?

E vários outros questionamentos que certamente promoverão a descoberta, a aprendizagem, estimularão a criatividade e auxiliarão a desenvolver a linguagem oral da criança.

 

Deixe seu comentário e compartilhe conosco como é a experiência de trabalhar com crianças inventoras.

 

Sempre que precisarem, entrem em contato conosco!

Grande abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil Aprende Brasil

edinfantil@aprendebrasil.com.br

 

REFERÊNCIAS:

Robinson, Ken. Somos todos criativos: os desafios para desenvolver uma das principais habilidades do futuro. São Paulo: Benvirá, 2019

https://www.tempojunto.com/2020/11/02/como-estimular-a-criatividade-infantil-com-caixas-de-papelao/ Acesso em 22/04/2021

https://www.tempojunto.com/2016/05/20/10-maneiras-de-fazer-uma-cabana-em-casa/ Acesso em 22/04/2021

 

Deixe seu comentário e compartilhe como foi a experiência com a gente.

 

Sempre que precisarem, entrem em contato conosco!

Grande abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil Aprende Brasil

edinfantil@aprendebrasil.com.br

 

Deixe o seu comentário!

23/04/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – A c...

Olá, Professores! Desejamos que todos estejam bem! Hoje, falaremos um pouquinho sobre criatividade, que é uma das habilidades mais importantes  para desenvolver uma atividade produtiva, tanto para nós professores, q...

23/04/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – A criatividade dos bebês e das crianças bem pequenas

Olá, Professores!

Desejamos que todos estejam bem!

Hoje, falaremos um pouquinho sobre criatividade, que é uma das habilidades mais importantes  para desenvolver uma atividade produtiva, tanto para nós professores, quanto para os bebês e crianças bem pequenas. Ser criativo é uma característica que faz a diferença e traz mais oportunidades e possibilidades de conhecimento e aprendizado.

Segundo Sir Ken Robinson, criatividade é um processo de ter ideias originais que tenham valor.

Processo e não uma ideia que veio do além; originais porque são únicos, autênticos, não são copiados e nem reproduzidos se tiverem algum valor.

Todos nascemos com um grande potencial criativo, apenas precisamos desenvolver a criatividade.

E isso inicia-se com os bebês e crianças bem pequenas, quando precisam descobrir como ser, estar e sobreviver no meio onde estão inseridos, ou seja, no mundo que os cercam. E a infância é o momento ideal onde os professores podem contribuir por meio de atitudes, atividades simples e poderosas a estimular o pensamento criativo dentro do desenvolvimento natural das crianças.

No primeiro ano, pode-se dizer que os bebês são cientistas. E o cientista nasceu para explorar, ele é um grande explorador.

Os bebês nasceram para serem cientistas e o grande trabalho deles é criar teorias e hipóteses sobre como o mundo funciona a partir dos sentidos que eles possuem e que se desenvolverão ainda mais a cada dia. Dessa forma, para termos crianças criativas precisamos estimular os seus sentidos e realizar atividades sensoriais. Elas compreendem e conhecem o mundo pelo olhar, pelo tato, pelo cheiro, pelo paladar e é necessário estimular as brincadeiras sensoriais para poder aumentar a coleção de experiências táteis, visuais, auditivas e olfativas para que consiga ampliar o seu repertório.

Para isso, seguem algumas sugestões bacanas para esse trabalho fantástico com os bebês.

  1. Contato com a natureza

Veja que legal, você não precisa ter habilidades específicas e nem comprar materiais para fazer. Basta sair com as crianças para explorar o ar livre. O sol, o vento, as flores, os sons, a areia, tudo será novidade para elas onde poderão sentir, ouvir, tocar, experimentar.

 

 

 

 

 

 

2. Caixa com fitas

Amarrar fitas, de preferência com texturas diferentes, numa caixa e deixar a criança brincar, tocar, experimentar e descobrir.  Aproveite para falar sobre as cores.

 

 

 

 

 

3.Texturas para engatinhar

Uma forma de incentivar o bebê a engatinhar e ao mesmo tempo descobrir novas sensações é fazer um percurso com diferentes texturas para ela atravessar. Toalha, cobertor, edredon, lençol, enfim você poderá  escolher o que estiver disponível, colocar sobre uma superfície segura e deixar a criança explorar o material, sentindo as texturas.

 

 

 

 

Passando o período do bebê, essa criança passa de cientista para exploradora que é a fase das crianças bem pequenas, de 1 aos 3 anos de idade. Com essa idade já conseguem se locomover pela casa, começam a explorar os espaços, já dominam um pouco mais o seu corpo, estabelecem uma relação com os objetos e já sabem que possuem uma determinada função, como por exemplo: já conseguem saber que a bola serve para  jogar, o copo para beber e o livro para manusear.

E o que fazer para incentivar a criatividade da criança bem pequena que é exploradora?

É muito bacana oferecer os objetos da casa:  o sofá por exemplo, vira uma cabana, brincadeiras com almofadas, com panelas, colheres de pau, potes e tampas. Brincar com a criança sem impor a brincadeira e sim deixa-la liderar a brincadeira, dando-lhe autonomia para as tomadas de decisões e para buscar as soluções.

  1. Brincadeira com almofadas:

Que tal fazer um circuito feito com almofadas? É excelente para estimular a coordenação motora grossa das crianças. Dá para fazer um caminho entre um móvel e o outro, por exemplo. No início, é importante a criança ter onde se apoiar. Quando o caminho estiver pronto é só chamar a criança para brincar e depois, observar as estratégias que ela usa para atravessar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2. Brincando com potes de cozinha

A proposta é fazer a criança encontrar as tampas certas para cada pote. Você começa separando potes de plástico de diferentes tamanhos e formatos e coloca-os no chão, dispondo os potes de um lado e as tampas do outro.

Em seguida você chama a criança e explica o “Jogo dos Potes”, falando inicialmente para a criança que terá que encontrar a tampa certa para cada pote.

É muito legal observar que a criança logo estabelecerá um padrão de escolher uma tampa, olhar para os potes e ir direto no certo. Conceitos como grande e pequeno e formas geométricas são trabalhados o tempo todo em atividades como esta, além das descobertas que faz quando, ao explorar, percebe, por exemplo, que vários potes cabem um dentro do outro, quando começam a comparar as tampas umas com as outras ou até mesmo quando constroem torres e castelos com esses materiais.

 

 

 

 

 

Mas não esqueçam que o fundamental sempre e em qualquer faixa etária é conversar com a criança, olhar para o que a criança olha, compartilhar o olhar com ela, esticar a conversa, fazer perguntas como:  o quê? Como? Cadê? O que é isso? Porque e como fez isso?

E vários outros questionamentos que certamente promoverão a descoberta, a aprendizagem, estimularão a criatividade e auxiliarão a desenvolver a linguagem oral da criança.

 

Deixe seu comentário e compartilhe conosco como é a experiência de trabalhar com os bebês cientistas e as crianças exploradoras.

 

Sempre que precisarem, entrem em contato conosco!

Grande abraço e até o próximo post!

Equipe Assessoria Educação Infantil Aprende Brasil

edinfantil@aprendebrasil.com.br

 

REFERÊNCIAS:

Robinson, Ken. Somos todos criativos: os desafios para desenvolver uma das principais habilidades do futuro. São Paulo: Benvirá, 2019

https://www.tempojunto.com/2014/12/29/melhores-atividades-de-descoberta-sensorial/ Acesso em 16/04/2021

https://www.tempojunto.com/2015/10/22/com-usar-almofadas-para-estimular-a-coordenacao-motora-dos-pequenos/#:~:text=Hoje%20vou%20falar%20de%20mais,coordena%C3%A7%C3%A3o%20motora%20grossa%20dos%20beb%C3%AAs. Acesso em 16/04/2021

https://www.tempojunto.com/2016/07/19/como-brincar-com-potes-da-cozinha/ Acesso em 16/04/2021

 

 

Deixe o seu comentário!

16/04/2021 - Arte, Ciências, Educação Física, Educação Infantil, Ensino Religioso, Geografia, História, Informática Educativa, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Marketing, Matemática

VEM AÍ: Percurso Pedagógico: ideias para repensar o planejamento

Olá!

 

Hoje queremos fazer um convite especial.

Durante a semana de 19 a 23 de abril de 2021, a Assessoria de Áreas promoverá uma série de encontros, transmitidos pelo YouTube, com o objetivo de apresentar algumas sugestões de organização e planejamento focados nos Livros Didáticos Integrados volume 2, por componente curricular e segmentos, a partir dos diferentes recursos didáticos do Sistema de Ensino Aprende Brasil (considerando possibilidade de ensino híbrido).

 

Veja a programação completa clicando aqui.

 

A proposta é oportunizar, aos professores dos municípios conveniados, algumas ideias para o melhor aproveitamento dos recursos disponíveis (Livro Didático
Integrado Aprende Brasil e Aprende Brasil Digital), para que, cada um, diante de seu contexto e demandas, possa traçar seu planejamento.

 

Não perca!

 

Equipe Assessoria de Áreas

Siga nossas redes sociais: Instagram @aprendebrasil / YouTube: Sistema Aprende Brasil

 

Deixe o seu comentário!

26/03/2021 - Educação Infantil

Baú de Ideias ̵...

Olá professor (a)! Aprender brincando e brincar aprendendo! As brincadeiras são peças fundamentais na Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento físic...

26/03/2021 - Educação Infantil

Baú de Ideias – Brincar com crianças pequenas

Olá professor (a)!

Aprender brincando e brincar aprendendo!

As brincadeiras são peças fundamentais na Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento físico, social, cultural, emocional, afetivo e cognitivo. O brincar e o jogar são momentos sagrados na vida de uma criança. É com essa prática que as crianças ampliam seus conhecimentos sobre si mesmas, os outros e o mundo ao seu redor, desenvolvem múltiplas linguagens, exploram e manipulam objetos, organizam seus pensamentos, descobrem regras e agem com as regras, assumem papel de líderes e interagem com outras crianças, preparando-se para um mundo socializado.

Por falar em brincar, que tal propor uma para as crianças?

Empresta-me sua casinha

Material: giz de quadro ou se a escola tiver, bambolês.

Desenvolvimento: trace com giz no chão pequenos círculos (um círculo a menos que  o número de participantes) e um círculo central ou distribua os bambolês da mesma forma.

Cada círculo será ocupado por uma criança, a que não tem casa diz:

– Empresta-me sua casinha?

As outras respondem:

– Pois não!

Nesse momento, todas deverão trocar de lugar, enquanto a criança no centro procurará ocupar um dos círculos vagos. Se conseguir, será substituída pela criança que ficar sem lugar. Caso contrário, voltará ao círculo central para recomeçar a brincadeira.

E aí, professor, o que achou dessa nossa sugestão?

E você, como trabalha essa brincadeira com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

Deixe o seu comentário!

  • Muito legal, semelhante a brincadeira do “coelhinho sai da toca”, brinquei muito na infância.

    • Que bacana, professora!
      E como essas brincadeiras são divertidas e ricas em aprendizados, não é?
      Um abraço,
      Adrianna

    • Que bacana, professora!
      E como essas brincadeiras são divertidas e ricas em aprendizados, não é?
      Abraço!
      Adrianna

26/03/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia –...

Olá professor (a)! Já falamos diversas vezes sobre a importância da interação para o desenvolvimento dos bebês e crianças bem pequenas. Seja por meio de músicas, histórias ou brincadeiras, além é claro de muit...

26/03/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – Brincar com bebês e crianças bem pequenas

Olá professor (a)!

Já falamos diversas vezes sobre a importância da interação para o desenvolvimento dos bebês e crianças bem pequenas. Seja por meio de músicas, histórias ou brincadeiras, além é claro de muito carinho, e interagir com o pequeno colabora para que ele se desenvolva de forma mais plena e saudável, além de fortalecer o vínculo de afeto entre vocês.

Cabe a creche enriquecer a experiência lúdica da criança. Para isso, é necessário primeiramente observar o sujeito em ação para tentar conhecer essa realidade: como ele usa os espaços, como interage, como se utiliza dos brinquedos e como aprende. É necessário atentar também para os espaços que são disponibilizados para a brincadeira: o ambiente deve estimular a criatividade, a imaginação, a autonomia e a espontaneidade, mas ao mesmo tempo, deve ser seguro.

Que tal uma brincadeira divertida?

Vamos remar!

Sente-se com as pernas esticadas ou cruzadas e coloque seu bebê/criança sentado de frente para você ou sobre suas pernas. A criança deve posicionar-se entre suas pernas. Com os maiores, pernas esticadas e um pouco entreabertas.

Pegue as mãos do bebê/criança e faça movimento para frente e para trás. Primeiro você se impulsiona para trás e, com isso, fazemos com que o corpo da criança vá para frente. E depois convide o bebê/criança para que caia para trás e você se deixa ir para frente.

Pode seguir a brincadeira, com uma música ritmando o movimento, por exemplo, cante uma música de marinheiro, veja um exemplo, clique aqui  WhatsApp Audio 2021-03-25 at 14.13.27 (1)  para ouvir!

Ô marinheiro, marinheiro, marinheiro só,

  ô quem te ensinou a nadar,

marinheiro só,

ou foi o tombo do navio, marinheiro só,

oi foi o balanço do mar,

marinheiro só.

A brincadeira pode ter variações, não só de ritmos, mas também a posição das pernas. Com as crianças maiores os movimentos podem ser ampliados e elas realizarão a atividade com maior autonomia; indo para frente e para trás, apoiando-se com as mãos nas de seu par.

Essa brincadeira pode ser bastante divertida!

E aí, professor, o que achou dessa nossa sugestão?

E você, como trabalha essa brincadeira com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

Deixe o seu comentário!

02/03/2021 - Educação Infantil, Informática Educativa

Aprende Brasil Digital: Educação Infantil

Olá, Professores!

Como vocês estão?

Passando aqui hoje para fazer um convite!

Em nossos encontros online da Semana Pedagógica já apresentamos nosso novo ambiente virtual: ABD – Aprende Brasil Digital e hoje viemos aqui para reforçar o convite e deixar registradas todas as possibilidades, os materiais e os recursos que disponibilizamos para vocês!

Para quem é o Aprende Brasil Digital? Para educadores, crianças e seus responsáveis.

O que temos lá?

Para os educadores:

– Ideias, dicas e sequências didáticas com sugestões de ampliação para trabalho com todas as faixas etárias, para os planejamentos e para as práticas pedagógicas;

– Blog, áudios, histórias, músicas e jogos que podem ser utilizados na creche, na pré-escola e podem ser indicados para as famílias realizarem em casa, junto com as crianças, inclusive pensando no ensino remoto;

– Documentos legais e biblioteca do professor, com textos, artigos e diversos materiais para estudo;

– PDFs dos livros do professor e das crianças.

Para as crianças:

– OEDs – objetos educacionais digitais (histórias, vídeos, jogos, áudios e músicas). As crianças podem utilizar com auxílio de um adulto: na escola, com os professores e em casa, com os responsáveis.

No ABD é possível acessar os vídeos “Aprende em casa Brasil” com sugestões para:

– Grupo 1: Álbum do Bebê e Livro das Trajetórias;

– Grupo 2: Pranchetas de Experimentação;

– Grupos 3, 4 e 5: todas as Unidades Temáticas.

Como acessar esses recursos e usufruir de todas essas ferramentas? Fazer login em www.aprendebrasildigital.com.br, com usuário e senha fornecidos por sua instituição.

Boa diversão e bom aprendizado!

Um abraço da Assessoria Pedagógica da Educação Infantil

Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!