Últimas Publicações:

12/03/2021 - História

Primeira Greve Regis...

  Palavras-chave: Antigo Egito; Relações de Trabalho; Modos de Trabalho. Segmento/Público Alvo: 6º. ano   Olá!   Você certamente já abordou, nas aulas de história, conteúdos relacionados à movime...

12/03/2021 - História

Primeira Greve Registrada

 

Palavras-chave:

Antigo Egito; Relações de Trabalho; Modos de Trabalho.

Segmento/Público Alvo:

6º. ano


 

Olá!

 

Você certamente já abordou, nas aulas de história, conteúdos relacionados à movimentos trabalhistas, grevistas, entre outros. Mas, já falou sobre a primeira greve que se tem registros em fontes históricas?

No vídeo produzido e narrado por Priscila Grahl, vemos uma interessante abordagem sobre as paralisações de trabalhadores no antigo Egito, (século XII a. C.) durante o governo do Faraó Ramsés III.

As razões para a paralisação são explicadas no vídeo, mas chamamos a atenção para a importância das fontes para esta pesquisa, que no caso trata-se do relato do escriba Amennakhete, que registrou as ações e reivindicações dos “grevistas”.

 

 

A primeira greve da História ocorreu no Egito Antigo. Para assistir o vídeo basta clicar aqui.

 

 

São claras as relações que se podem fazer entre esta ação no antigo Egito e as greves vivenciadas na atualidade, aproximando estas temporalidades tão distantes e criando vínculos entre o passado e a vivência dos alunos.

 

Equipe Assessoria de História

Sempre que precisar entre em contato conosco: historia@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: Instagram @aprendebrasil / YouTube: Sistema Aprende Brasil

Deixe o seu comentário!

26/02/2021 - História

Os pântanos do Rio ...

  Palavras-chave: História Antiga; História da Escrita; Fontes escritas. Segmento/Público Alvo: Ensino Fundamental   Olá!   Hoje trazemos uma sugestão de vídeo produzido pela professora Priscila Grah...

26/02/2021 - História

Os pântanos do Rio Nilo

 

Palavras-chave:

História Antiga; História da Escrita; Fontes escritas.

Segmento/Público Alvo:

Ensino Fundamental


 

Olá!

 

Hoje trazemos uma sugestão de vídeo produzido pela professora Priscila Grahl, que diz respeito aos pântanos que se formavam nas margens do Rio Nilo. Com base no vídeo, é possível discutir sobre diversos elementos provenientes das águas do Nilo que eram utilizados pelos egípcios. Um deles, por exemplo, era a planta do Papiro que fornecia a matéria prima para a produção de papiros.

 

Os pântanos do Rio Nilo
Os pântanos do Rio Nilo. Para assistir ao vídeo basta clicar aqui.

 

A produção do papiro envolvia uma sofisticada técnica de corte, processamento e secagem da planta, que crescia nos pântanos formados no entorno do rio.

Equipe Assessoria de História

Sempre que precisar entre em contato conosco: historia@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: Instagram @aprendebrasil / YouTube: Sistema Aprende Brasil

Deixe o seu comentário!

19/11/2020 - Ensino Religioso

RELIGANDO: Ciência ...

Professoras e Professores   Hoje é dia de compartilhar mais uma sugestão para seus estudos e ampliação de repertório sobre a temática de Ensino Religioso. Para isso, indicamos o Canal no Youtube RELIGANDO. &n...

19/11/2020 - Ensino Religioso

RELIGANDO: Ciência da Religião Online

Professoras e Professores

 

Hoje é dia de compartilhar mais uma sugestão para seus estudos e ampliação de repertório sobre a temática de Ensino Religioso.

Para isso, indicamos o Canal no Youtube RELIGANDO.

 

 

Trata-se de uma iniciativa da UFJF em criar e oferecer conteúdo acadêmico na forma de cursos com encontros online, que aprofundarão temáticas relativas ao estudo da religião.

As discussões disponíveis no Canal abordam temas de grande relevância para o Ensino Religioso, dentre elas:

  • Presença e atuação missionária entre os povos indígenas no Brasil
  • Religião, arte e os horizontes da vida
  • Educação, Política e Religião

Os temas compõem Cursos divulgados na página do Facebook do grupo de pesquisa, mas também ficam disponíveis no Canal do Youtube.

 

 

Equipe Assessoria de Ensino Religioso

 

Sempre que precisar entre em contato conosco: historia@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: Instagram @aprendebrasil / YouTube: Sistema Aprende Brasil

Deixe o seu comentário!

12/11/2020 - Ensino Religioso, História

Pensando Violências...

Olá! O uso de filmes e músicas nas aulas já é algo constante. Pensando nestes recursos, hoje vamos indiciar uma possibilidade de prática interdisciplinar.   Você conhece a música This is America, do cantor Ch...

12/11/2020 - Ensino Religioso, História

Pensando Violências: uma possibilidade interdisciplinar

Olá!

O uso de filmes e músicas nas aulas já é algo constante. Pensando nestes recursos, hoje vamos indiciar uma possibilidade de prática interdisciplinar.

 

Você conhece a música This is America, do cantor Childish Gambino?

 

Clique na imagem para ver o clipe.

 

Esta música e clipe são excelentes instrumentos para refletir sobre diferentes violências estruturais.

Que tal convidar seu colega, professor de Língua Inglesa e propor possibilidades de interpretação desta canção e do clipe? Assim como, a expressão corporal da coreografia pode ser abordada por Arte.

Abaixo segue um link para o site Aventuras na História que apresenta diferentes referencias históricos apresentadas no clipe:

 

THIS IS AMERICA, DE CHILDISH GAMBINO: AS REFERÊNCIAS HISTÓRICAS

No clipe que varreu a internet, Donald Glover faz alusão a diversos momentos cruciais da história do conflito racial nos EUA. 

Acesse o site.

 

Lembrando que este tema pode estar atrelado diretamente á um conteúdo, como pode ser visto nas habilidades mencionadas a abaixo:

(EF08LI18) Construir repertório cultural por meio do contato com manifestações artístico-culturais vinculadas à língua inglesa (artes plásticas e visuais, literatura, música, cinema, dança, festividades, entre outros), valorizando a diversidade entre culturas.
(EF09HI26) Discutir e analisar as causas da violência contra populações marginalizadas (negros, indígenas, mulheres, homossexuais, camponeses, pobres etc.) com vistas à tomada de consciência e à construção de uma cultura de paz, empatia e respeito às pessoas.

Porém o destaque principal está na possibilidade de discutir estruturas violentas da sociedade, como apresenta a própria BNCC:

“Além disso, e tendo por base o compromisso da escola de propiciar  uma formação integral, balizada pelos direitos humanos e princípios democráticos, é preciso considerar a necessidade de desnaturalizar qualquer forma de violência nas sociedades contemporâneas, incluindo a violência simbólica de grupos sociais que impõem normas, valores e conhecimentos tidos como universais e que não estabelecem diálogo entre as diferentes culturas presentes na comunidade e na escola” (BNCC, 2018, p. 61).

Fonte da Imagem: Aventuras na História

Ainda vale destacar que a imagem acima apresenta uma relação entre um momento clipe e um cartaz do século XIX que apresenta Jim Crow personagem no teatro americano.

 

O que achou da proposta? Você conhece músicas e clipes nacionais que contribuem para esta discussão? Compartilhe conosco nos comentários.

 

 

Equipe Assessoria de História

 

Sempre que precisar entre em contato conosco: historia@aprendebrasil.com.br
Siga nossas redes sociais: Instagram @aprendebrasil / YouTube: Sistema Aprende Brasil

Deixe o seu comentário!

02/10/2020 - Língua Portuguesa

Estudos linguístico...

Olá, professor(a). Nas últimas décadas, os estudos produzidos no âmbito da Linguística têm mostrado que o português falado no Brasil já pode ser considerado diferente do português europeu. No entanto, embora ess...

02/10/2020 - Língua Portuguesa

Estudos linguísticos

Olá, professor(a).

Nas últimas décadas, os estudos produzidos no âmbito da Linguística têm mostrado que o português falado no Brasil já pode ser considerado diferente do português europeu. No entanto, embora essas marcas estejam cada vez mais acentuadas nos trabalhos produzidos por pesquisadores e linguistas – principalmente no que diz respeito às distinções entre seus sistemas linguísticos – esse ainda é um assunto para muitos debates e reflexões e merece ser discutido por todos aqueles que estudam, pesquisam, trabalham e interagem por meio da Língua Portuguesa.

Para ampliar seus estudos, destacamos um vídeo – produzido pela equipe de Pesquisa FAPESP – que traz a opinião de alguns professores e pesquisadores da área.

As marcas do português brasileiro
Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=0sDuGRKwguY

O que você pensa sobre isso?

Em sua opinião, o português já pode ser considerado uma língua autônoma?

Assista ao vídeo e depois comente aqui.

Essa foi a dica de hoje.

Até breve!
Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

14/08/2020 - Língua Inglesa

Quarantine, what a l...

Hello, folks! Espero que todos estejam bem nesse período extraordinário que estamos vivendo, cheio de experiências jamais vividas com os alunos. Ainda vamos olhar para trás e dizer: foi um período difícil, mas eu a...

14/08/2020 - Língua Inglesa

Quarantine, what a lovely period of time!

Hello, folks!

Espero que todos estejam bem nesse período extraordinário que estamos vivendo, cheio de experiências jamais vividas com os alunos. Ainda vamos olhar para trás e dizer: foi um período difícil, mas eu aprendi muito!

Enquanto a vacina não vem, vamos aprender e rir juntos das situações que vivemos. Na maioria das vezes, rir é o melhor remédio.  No link a seguir, do Canal Bored Teachers, a professora compartilha esses momentos no vídeo Things we only say when remote teaching. É fácil nos reconhecermos na mesma situação. É algo novo para todo mundo, especialmente para as crianças. Convido a assistir ao vídeo.

E mais, vamos nos identificar também com esse vídeo. Você sente falta da escola? Dos alunos? E canta sozinha pela casa as músicas em inglês? Quem vive com a gente também acaba aprendendo, veja:

É importante perceber que não estamos sozinhos. Do outro lado do mundo, professores enfrentam as mesmas dificuldades e dilemas diante da situação da pandemia, ainda que estejam em outro país. Professores, queridos, não desanimem. Estamos fazendo o nosso melhor! Vale à pena  perceber que não estamos sozinhos nessa!

Take proper care! 

Virtual hugs!

Cassiana

Assessoria de Língua Inglesa

Deixe o seu comentário!

    • Sim, por isso achei interessante dividir isso com vocês. Estamos vivendo uma realidade diferente de tudo o que já vivenciamos. Mas é importante perceber que não estamos sozinhos. O mundo todo vive esse novo desafio, ensinar nesse período. E de uma maneira ou outra estamos evoluindo, estudando, aprendendo novas técnicas, estratégias, metodologias, dando sempre o melhor!