Últimas Publicações:

26/03/2021 - Educação Infantil

Baú de Ideias ̵...

Olá professor (a)! Aprender brincando e brincar aprendendo! As brincadeiras são peças fundamentais na Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento físic...

26/03/2021 - Educação Infantil

Baú de Ideias – Brincar com crianças pequenas

Olá professor (a)!

Aprender brincando e brincar aprendendo!

As brincadeiras são peças fundamentais na Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento físico, social, cultural, emocional, afetivo e cognitivo. O brincar e o jogar são momentos sagrados na vida de uma criança. É com essa prática que as crianças ampliam seus conhecimentos sobre si mesmas, os outros e o mundo ao seu redor, desenvolvem múltiplas linguagens, exploram e manipulam objetos, organizam seus pensamentos, descobrem regras e agem com as regras, assumem papel de líderes e interagem com outras crianças, preparando-se para um mundo socializado.

Por falar em brincar, que tal propor uma para as crianças?

Empresta-me sua casinha

Material: giz de quadro ou se a escola tiver, bambolês.

Desenvolvimento: trace com giz no chão pequenos círculos (um círculo a menos que  o número de participantes) e um círculo central ou distribua os bambolês da mesma forma.

Cada círculo será ocupado por uma criança, a que não tem casa diz:

– Empresta-me sua casinha?

As outras respondem:

– Pois não!

Nesse momento, todas deverão trocar de lugar, enquanto a criança no centro procurará ocupar um dos círculos vagos. Se conseguir, será substituída pela criança que ficar sem lugar. Caso contrário, voltará ao círculo central para recomeçar a brincadeira.

E aí, professor, o que achou dessa nossa sugestão?

E você, como trabalha essa brincadeira com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

Deixe o seu comentário!

26/03/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia –...

Olá professor (a)! Já falamos diversas vezes sobre a importância da interação para o desenvolvimento dos bebês e crianças bem pequenas. Seja por meio de músicas, histórias ou brincadeiras, além é claro de muit...

26/03/2021 - Educação Infantil

Bebês e Cia – Brincar com bebês e crianças bem pequenas

Olá professor (a)!

Já falamos diversas vezes sobre a importância da interação para o desenvolvimento dos bebês e crianças bem pequenas. Seja por meio de músicas, histórias ou brincadeiras, além é claro de muito carinho, e interagir com o pequeno colabora para que ele se desenvolva de forma mais plena e saudável, além de fortalecer o vínculo de afeto entre vocês.

Cabe a creche enriquecer a experiência lúdica da criança. Para isso, é necessário primeiramente observar o sujeito em ação para tentar conhecer essa realidade: como ele usa os espaços, como interage, como se utiliza dos brinquedos e como aprende. É necessário atentar também para os espaços que são disponibilizados para a brincadeira: o ambiente deve estimular a criatividade, a imaginação, a autonomia e a espontaneidade, mas ao mesmo tempo, deve ser seguro.

Que tal uma brincadeira divertida?

Vamos remar!

Sente-se com as pernas esticadas ou cruzadas e coloque seu bebê/criança sentado de frente para você ou sobre suas pernas. A criança deve posicionar-se entre suas pernas. Com os maiores, pernas esticadas e um pouco entreabertas.

Pegue as mãos do bebê/criança e faça movimento para frente e para trás. Primeiro você se impulsiona para trás e, com isso, fazemos com que o corpo da criança vá para frente. E depois convide o bebê/criança para que caia para trás e você se deixa ir para frente.

Pode seguir a brincadeira, com uma música ritmando o movimento, por exemplo, cante uma música de marinheiro, veja um exemplo, clique aqui  WhatsApp Audio 2021-03-25 at 14.13.27 (1)  para ouvir!

Ô marinheiro, marinheiro, marinheiro só,

  ô quem te ensinou a nadar,

marinheiro só,

ou foi o tombo do navio, marinheiro só,

oi foi o balanço do mar,

marinheiro só.

A brincadeira pode ter variações, não só de ritmos, mas também a posição das pernas. Com as crianças maiores os movimentos podem ser ampliados e elas realizarão a atividade com maior autonomia; indo para frente e para trás, apoiando-se com as mãos nas de seu par.

Essa brincadeira pode ser bastante divertida!

E aí, professor, o que achou dessa nossa sugestão?

E você, como trabalha essa brincadeira com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Se desejar falar conosco, envie e-mail para: edinfantil@aprendebrasil.com
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

Deixe o seu comentário!

18/03/2021 - Ciências

O que uma ostra e um...

Olá a todos(as), tudo bem? Assim como nós que enfrentamos há mais de um ano o isolamento social e a quebra na regularidade das nossas atividades cotidianas, as crianças também têm sofrido com a falta das aulas pres...

18/03/2021 - Ciências

O que uma ostra e uma borboleta podem nos dizer sobre a saúde mental das crianças no isolamento?

Olá a todos(as), tudo bem?

Assim como nós que enfrentamos há mais de um ano o isolamento social e a quebra na regularidade das nossas atividades cotidianas, as crianças também têm sofrido com a falta das aulas presenciais, interação com os colegas e professores, e demais mudanças causadas em sua rotina pela pandemia da Covid-19.

Diversas pesquisas e estudos que tem sido realizadas apontam alterações no nível de ansiedade, sintomas de depressão, aumento da timidez, agressividade, irritação, impaciência e insônia, como alguns dos transtornos mentais que podem ser causados e/ou agravados pelo longo período de isolamento ou contato social reduzido. Bem como, infelizmente, um aumento dos casos de violência doméstica.

Como educadores sabemos da importância das relações sociais desenvolvidas no ambiente escolar, do quanto a interação entre as crianças é importante para o aprendizado e o seu desenvolvimento cognitivo. Mas, o que pode ser feito para auxiliar nossos alunos neste momento difícil pelo qual passamos? Você já ouviu falar na sigla EMDR?

A EMDR é uma terapia, fundamentada na Psicologia que busca trabalhar as dificuldades que enfrentamos quando expostos a estímulos/ações negativos ao redor, traduzida do inglês significa algo como Dessensibilização e reprocessamento do movimento ocular.

“Quando coisas ruins acontecem, o cérebro tem dificuldade em juntar todas as peças e, como resultado, coisas que as pessoas dizem ou fazem ou coisas que as crianças veem, ouvem, cheiram ou tocam podem trazer à tona as memórias ruins, os pensamentos confusos, sentimentos e sensações corporais ligados a essas coisas ruins. O EMDR ajuda o cérebro a juntar todas as peças para que as coisas ruins possam nos deixar e as coisas boas ou as coisas que aprendemos com elas podem ficar para que fiquemos mais fortes. Então, o cérebro pode mastigar e digerir todos os sentimentos e pensamentos confusos, bem como os sentimentos ruins que possamos ter no corpo.” (Ana Gomez)

A terapeuta Ana Gomez, propõe então, um trabalho para ser desenvolvido com as crianças, em virtude deste período de isolamento, por meio da leitura e desenvolvimento de atividades de um livro infantil intitulado “A história da Ostra e da Borboleta: O Coronavírus e eu.”.    

Este livro escrito por Ana Gomez foi traduzido o português e outros 19 idiomas e faz parte de um dos materiais que foram desenvolvidos por meio da força tarefa mundiais para cuidar de crianças nesse período de enfrentamento ao Coronavírus. A pedido da autora, o livro não deve ser vendido nem foi impresso por nenhuma editora, está disponível em formato digital e pode ser baixado de forma gratuita diretamente no site da autora. O objetivo é fazer a divulgação da obra junto a escolas para que possa fazer a diferença no enfrentamento do momento difícil pelo qual estamos passando, especialmente muitas crianças que enfrentam dificuldades em casa como violência doméstica, perdas familiares, dificuldades econômicas entre outras que estão sendo evidenciadas neste tempo.

Que tal aproveitar o momento para ajudar nossos alunos com outras dificuldades além dos conteúdos escolares?   Para saber mais sobre EMDR, baixar o livro indicado e/ou conhecer mais sobre o trabalho da autora, acesse o site pessoal da terapeuta Ana Gomez e conheça suas outras obras em https://www.anagomez.org/

Até mais!

Assessoria de Ciências da Natureza.

Deixe o seu comentário!

09/10/2020 - Educação Infantil

Quarentena brincante...

Olá, gente linda! Espero que todos estejam bem! O dia das crianças está se aproximando, não é mesmo? Quando falamos nessa data, a imagem que nos vem à cabeça é sempre uma: diversão, outra coisa não poderia ser....

09/10/2020 - Educação Infantil

Quarentena brincante para crianças pequenas

Olá, gente linda!

Espero que todos estejam bem!

O dia das crianças está se aproximando, não é mesmo?

Quando falamos nessa data, a imagem que nos vem à cabeça é sempre uma: diversão, outra coisa não poderia ser. E quem é que não gosta de diversão?

Dessa forma, como estamos em casa, com todos os cuidados necessários, sem podermos nos aglomerar nos parques, praças, clubes e shoppings que tal pensarmos em brincadeiras bacanas para realizarmos com as crianças em nossas casas, especialmente nessa data? E o melhor, confeccionando os brinquedos para as crianças utilizarem nas suas brincadeiras!

Seguem algumas dicas bem bacanas! Certamente as crianças irão adorar, se divertir e os adultos também!

1. Trenó de grama

Que tal uma brincadeira divertida no jardim da sua casa ou em outro espaço seguro?

Basta um pedaço de papelão do tamanho que as crianças possam sentar sobre ele e orientá-las a escorregarem pela grama, descendo com ele como se estivessem em um trenó!

Me diverti muito com essa brincadeira quando era criança. Meu pai sempre inventava brincadeiras engraçadas e legais com papelões.

É uma das brincadeiras mais antigas e bem bacanas que, até hoje, proporcionam um clima de diversão, alegria, de boas risadas e que certamente ficará na lembrança de todos.

2. Pegadas coloridas

Gente, essa brincadeira é sensacional! Pode ser realizada por crianças de qualquer idade (dos 2 aos 100 anos – rsrsrsrs)!

Para essa brincadeira você precisará de:

– Plástico bolha

– Tinta guache ( cores que preferir)

– Um pedaço de papel pardo, papelão, cartolina, papel cartão ou outro que    você possuir em casa, de no mínimo 1,5 m para que a criança possa se movimentar sobre ele.

– Fita crepe para prender o papel e o plástico bolha nos pés

– Pincel

Como preparar a brincadeira:

Forre a superfície que desejar com o papel, fixando-o com fita crepe nas laterais. Com a criança sentada no chão, envolva os pés dela e de quem estiver participando da brincadeira com o plástico bolha prendendo-o com fita crepe para não soltar, fazendo uma espécie de sapatinho. É importante deixar as bolhas do plástico voltadas para fora. Com o pincel pinte as solas dos sapatinhos feitos com plástico bolha com a cor que desejar. Depois, basta andar e carimbar os sapatinhos sobre o papel. O bacana dessa brincadeira é que além de divertida e envolvente, é possível perceber o som das bolinhas do plástico estourando ao pisar com mais força sobre o papel, além dos movimentos que são executados, das texturas e da diversão tomando conta da brincadeira.

Ah! Se preferir e, se for possível, você poderá substituir o papel por uma superfície que contenha um piso frio e orientar a criança a deixar as marcas dos seus pés no chão mesmo! Utilize tinta guache que é fácil de remover.

3. Corredor de raio laser

Imagine a criança acordar no dia das crianças e se deparar com uma surpresa diferente para esse dia!

Aliás, essa brincadeira é muito divertida a qualquer hora e pode ser realizada a qualquer dia, com sol ou com chuva.

Prepare-a antes da criança acordar. Corte tiras de papel crepom coloridas, em torno de 6 a 8 cm de largura e grude-as com fita crepe no corredor da sua casa por onde a criança tenha que passar ao acordar ou em outro corredor da sua residência. É como se fosse uma teia de aranha!

É uma brincadeira simples, mas as crianças podem se divertir muito, passando entre as fitas. O desafio é passar pelo corredor desviando dos “raios”!

Legal, não é?

4. Pega-pega pregador

Essa brincadeira permite a quantidade de pessoas que desejar e que estiver na sua casa nesse dia.

Quem não tem prendedores de roupas em casa, não é?

Para realizar essa brincadeira os únicos objetos necessários são prendedores que a mamãe utiliza para pendurar as roupas no varal.

Serão necessários três (3) pregadores de roupas para serem fixados na roupa e nas costas de cada participante.

Objetivo: as outras pessoas precisam pegar os pregadores e colocar na sua roupa, mas na parte da frente do corpo. Se um jogador não tiver nenhum pregador nas costas e tiver um (1) pregador na frente, ele poderá pegar o pregador que está na frente e colocar nas costas. Mas se não tiver nenhum pregador na frente nem nas costas, o participante deverá sair do jogo.

Há duas formas de ganhar o jogo: uma delas é se um dos participantes ficar com todos os pregadores e os demais sem nenhum. A segunda forma é, se o jogo parar, ganha quem estiver com o maior número de pregadores.

Bacana e simples, essa brincadeira diverte adultos e crianças! Vocês pais ou responsáveis que estão em casa com as crianças aproveitem essa brincadeira que permite desenvolver aspectos como a atenção, a agilidade, noções matemáticas e o movimento do corpo como um todo.

E aí? Gostaram das sugestões? Podem brincar no dia das crianças e em outros momentos também!

Deixe um comentário contando como foi confeccionar os brinquedos e como foi brincar com as crianças!

 

Forte abraço e feliz dia das crianças!

Equipe Assessoria Educação Infantil

Não hesitem, entrem sempre em contato conosco pelo e-mail edinfantil@aprendebrasil.com.br

Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

REFERÊNCIAS:

Brincadeiras adaptadas de :https://www.tempojunto.com/2018/10/05/10-brincadeiras-para-animar-o-dia-das-criancas/ Acesso em: 08/10/2020

www.pinterest.com.br Acesso em: 08/10/2020

Deixe o seu comentário!

09/10/2020 - Educação Infantil

Quarentena brincante...

Olá, gente linda! Espero que todos estejam bem! O dia das crianças está se aproximando, não é mesmo? Quando falamos nessa data, a imagem que nos vem à cabeça é sempre uma: diversão, outra coisa não poderia ser....

09/10/2020 - Educação Infantil

Quarentena brincante para bebês e crianças bem pequenas

Olá, gente linda!

Espero que todos estejam bem!

O dia das crianças está se aproximando, não é mesmo?

Quando falamos nessa data, a imagem que nos vem à cabeça é sempre uma: diversão, outra coisa não poderia ser. E, quem é que não gosta de diversão?

Dessa forma, como estamos em casa, com todos os cuidados necessários, sem podermos nos aglomerar nos parques, praças, clubes e shoppings que tal pensarmos em brincadeiras bacanas para realizarmos com as crianças em nossas casas, especialmente nessa data? E, o melhor, confeccionando os brinquedos para as crianças utilizarem nas suas brincadeiras!

Seguem algumas dicas bem bacanas! Certamente as crianças irão adorar, se divertir e os adultos também!

1. Minhoca com rolos de papel higiênico, rolo de papel toalha ou rolo feito de papelão

É só cortar em pedacinhos arredondados e depois montar a sua cobrinha ou minhoca colando um no outro. Pode-se pintar os rolos utilizando tinta guache ou giz de cera. Faça os olhos e a boca como desejar. Você poderá colocar um barbante e deixar a criança puxar, movimentando a minhoca de brinquedo de um lado para o outro.

Obs.: se desejar os rolos podem ser substituídos por latinhas vazias de molho, milho, ervilha etc.

2. Móbile com copos descartáveis

Bastam 3 ou 4 copos descartáveis de papelão ou de plástico, uma argola ou bambolê ou um cabide para pendurar os copos.

Pintar os copos com tinta guache e decorá-los como preferir.

Amarrá-los com barbante ou fita e o móbile está pronto para a criança se divertir enquanto está deitada no berço, na cama, no carrinho ou sobre as almofadas no tapete da sala. Ah! Você poderá substituir os copos descartáveis por rolos de papel higiênico ou por latinhas vazias de molho, milho, ervilha, etc.

Use a sua criatividade para decorá-los como desejar.

3. Barquinho com palitos de picolé

Você precisará de:

17 palitos de picolé, cola e um pedaço de papel, plástico ou tecido colorido para fazer a vela. Para um barco maior, basta aumentar a quantidade de palitos.

Como fazer: pegue oito (8) palitos de picolé para fazer a base do barco, deixando-os um ao lado do outro. Em seguida, cole mais oito (8) palitos, um ao lado do outro sobre a base. Por último, cole a vela sobre o palito restante e fixe-o no centro do barco, entre dois palitos.

Se preferir, pode pintar os palitos com giz de cera ou tinta guache antes da colagem.

Seu barco está pronto. Brinque com a criança no momento do banho ou se possível, coloque um pouco d’água em uma bacia ou outro recipiente para a criança brincar e perceber os movimentos do barco sobre a água.

Atenção: muitas regiões estão sofrendo com a falta de chuva precisando economizar água, mas você poderá brincar com o barco em um outro momento.

Outra opção, é substituir os palitos de picolé por gravetos caídos das árvores para confeccionar o seu barco.

4. Lança discos

Esse lança discos também é super fácil para fazer em casa.

Você irá precisar de um (1) rolo de papel alumínio ou rolo de plástico filme para fazer a base. Fixe-o com fita crepe deixando-o em pé sobre um pedaço de papelão ou outro suporte.

Corte alguns discos de uma garrafa PET e encape-os com papel colorido (papel crepom, papel de seda ou outro papel de sua preferência ou até com retalhos de tecido).

Depois, é só dar para a criança lançar seus discos na base ou brincar de colocar e tirar. Tudo dependerá da sua capacidade e prontidão para isso. Se houver mais de uma criança, divida os discos com cores diferentes entre elas e deixe-as brincarem, criarem seu próprio jogo.

E aí? Gostaram das sugestões? Podem brincar no dia das crianças e em outros momentos também!

Deixe um comentário contando como foi confeccionar os brinquedos e como foi brincar com as crianças!

Forte abraço e feliz dia das crianças!

Equipe Assessoria Educação Infantil

Não hesitem, entrem sempre em contato conosco pelo e-mail edinfantil@aprendebrasil.com.br

Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

REFERÊNCIAS:

www.pinterest.com.br Acesso em: 06/10/2020

https://comofazeremcasa.net/15-lindos-brinquedos-reciclados-faceis-de-fazer/ Acesso em: 06/10/2020

 

 

Deixe o seu comentário!

21/09/2020 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS ̵...

Vamos continuar a contar histórias? Essa atividade é muito gostosa, nos leva a mundos divertidos. A dica de hoje para leitura é: A cesta de Dona Maricota – Tatiana Belinky. Sugestão de livro para trabalhar no Livro...

21/09/2020 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS – LER HISTÓRIAS PARA CRIANÇAS PEQUENAS

Vamos continuar a contar histórias? Essa atividade é muito gostosa, nos leva a mundos divertidos.

A dica de hoje para leitura é: A cesta de Dona Maricota – Tatiana Belinky.

Sugestão de livro para trabalhar no Livro do Grupo 4 do Aprende Brasil:

Aluno – pág. 7 – Vol. 3 – Unidade 6 – Um passeio pelo sítio!

Professor – pág. 11 a 13 – Vol. 3 – Unidade 6 – Um passeio pelo sítio!

Nesse livro, autora utiliza versos nos quais os alimentos contam as vantagens de comer verduras, frutas e legumes.

Sugestões de atividades:

  1. Ler ou contar a história (caso não tenha o livro, segue link): https://pt.slideshare.net/CamilaRibeiro35/a-cesta-de-dona-maricota-28474072
  2. Trabalhar com as crianças as rimas que aparecem no livro, para isso professor (a), escreva a história em papel bobina ou Kraft em letra caixa alta e faça com as crianças, a leitura apontada, ressaltando as palavras que rimam.
  3. Outra sugestão, é quando fizer o texto da história, no lugar de algumas palavras, você colocar a figura, e quando perguntar para a criança o que é, você tira a figura e coloca a palavra. Começa a dar noção para a criança de leitura de texto, de cima para baixo e da esquerda para a direita.
  4. Segue uma sugestão de material que você pode produzir para contar a história, usando diferentes materiais.

5. Também pode cantar essa música, colocando uma melodia de uma música já existente (sugestão: Sou coelhinho):

E você, como trabalha leitura com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

 

Deixe o seu comentário!

  • As famílias que não tem acesso a livros, podem contar historias com os próprios legumes que tem na geladeira. Incentivando os alunos a comer melhor.

    • Boa ideia Aparecida, usar recursos que tenham em casa para trabalhar as histórias. Logo teremos novidades. Abraço.

    • Como é rico, não é mesmo Eliene?! Aprendizado, diversão e saúde…
      Um abraço,
      Assessoria da Educação Infantil

    • Que bom, Isabela!
      Ficamos felizes com seu comentário!
      Abraço,
      Equipe de Assessoria de Educação Infantil