Últimas Publicações:

23/12/2020 - Língua Portuguesa

Fechando 2020 e que ...

Professor(a), estamos encerrando mais um ano – e desta vez foi um ano bastante diferente, pesado em alguns aspectos e difícil também. Vivenciamos coisas que não imaginávamos, precisamos nos reinventar, nos adap...

23/12/2020 - Língua Portuguesa

Fechando 2020 e que 2021 seja mais leve!

Professor(a), estamos encerrando mais um ano – e desta vez foi um ano bastante diferente, pesado em alguns aspectos e difícil também. Vivenciamos coisas que não imaginávamos, precisamos nos reinventar, nos adaptar, e aprender a viver sem os abraços!

 

Pixabay_classroom-2394281_640

 

Não foi fácil! Não mesmo… foi doloroso!

Pixabay_coronavirus-4947210_640

 

Mas, o que nos consola é que, de alguma forma, estivemos com você, conseguimos trocar ideias e experiências e, ainda que a distância, estar um pouco presente.

E, por isso, agradecemos seu companheirismo, sua parceria, sua empatia!

Desejamos que 2021 venha mais leve! Sabemos que ainda teremos muitos desafios, mas, estaremos juntos (mesmo a distância) mais uma vez!

Conte conosco sempre!

Vem 2021!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br 

 

Deixe o seu comentário!

04/12/2020 - Língua Portuguesa

Poema concreto

Olá, professores(as). Tudo bem com vocês? A dica de hoje é uma atividade para complementar o estudo do poema concreto. Apresente aos alunos alguns exemplos de poemas concretos, enfatizando a relação entre palavras, ...

04/12/2020 - Língua Portuguesa

Poema concreto

Olá, professores(as).

Tudo bem com vocês?

A dica de hoje é uma atividade para complementar o estudo do poema concreto.

Apresente aos alunos alguns exemplos de poemas concretos, enfatizando a relação entre palavras, imagens e sonoridades.

Em seguida, fale sobre a proposta de leitura não linear, explorando uma análise dos efeitos de sentido que os recursos gráficos utilizados produzem no texto.

Depois, peça aos alunos que escrevam um poema tradicional, inspirados nos poemas concretos que eles estudaram. A ideia é representar com palavras os efeitos de sentido provocados pela leitura do poema visual.

Aqui é importante explorar todas as características dos dois gêneros textuais. E, se for possível, fazer também uma exposição virtual dos poemas.

Você já realizou uma atividade como essa?
Como foi?

Compartilhe sua prática!

Até breve

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

26/11/2020 - Língua Portuguesa

Autobiografia

Olá, professores(as)! Tudo bem com vocês? É possível construir uma autobiografia com base nas fotos/mensagens/posts que são compartilhadas nas redes sociais? Essa é uma pergunta interessante para prover uma reflex...

26/11/2020 - Língua Portuguesa

Autobiografia

Olá, professores(as)!

Tudo bem com vocês?

É possível construir uma autobiografia com base nas fotos/mensagens/posts que são compartilhadas nas redes sociais? Essa é uma pergunta interessante para prover uma reflexão sobre a hiperexposição.

Se quiser aprofundar essa discussão com seus alunos e promover um bom debate com a turma, você pode sugerir que cada aluno faça uma análise das informações que publicou em suas redes sociais e escreva sua autobiografia apenas com base nesses fatos.

O objetivo é construir o texto apenas com as informações que possam ser inferidas pelas publicações, exemplo: família, cidade, animal de estimação, escola, esportes etc.

Aqui, o mais importante é trabalhar a escrita do gênero textual em diálogo com as reflexões sobre a hiperexposição.

Se os textos dos alunos ficarem muito curtos, não tem problema, pois isso mostra que não existem muitas informações sobre eles disponíveis na Internet.

Você também pode promover uma reflexão sobre as informações postadas, produzindo uma discussão sobre as falsas verdades que, muitas vezes, aparecem mascaradas nas redes. Se alguém fizesse a análise da sua rede social e escrevesse sua biografia, essas informações seriam coerentes?

Discuta, reflita, analise!

Essa foi a dica de hoje.

Até breve!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

18/11/2020 - Língua Portuguesa

Sugestão de livro: ...

Olá, professor, olá professora! Tudo bem com vocês? Hoje trazemos uma sugestão de livro para sua biblioteca particular (e/ou da escola – mas voltada para o professor). É uma obra que traz muitas dicas sobre o ...

18/11/2020 - Língua Portuguesa

Sugestão de livro: Oficina de Escrita Criativa (Ideias para práticas de Produção de Texto)

Olá, professor, olá professora! Tudo bem com vocês?

Hoje trazemos uma sugestão de livro para sua biblioteca particular (e/ou da escola – mas voltada para o professor). É uma obra que traz muitas dicas sobre o trabalho com a produção de texto e, especialmente, 50 sugestões de práticas (que podem ser desenvolvidas/adaptadas para todas as faixas etárias).

Estamos falando do livro “Oficina de escrita criativa: escrevendo em sala de aula e publicando na web”, de Solimar Silva (Editora Vozes, 2014).

 

 

Com este livro não faltarão ideias extras para explorar a produção de texto, também, de outras formas divertidas com seus alunos. E tem muitas ideias que podem ser aproveitadas / adaptadas para as aulas remotas também! Algumas das propostas que vocês encontrarão: Desenhando e escrevendo; Acróstico; Cartaz dos sonhos; Tribunal do júri; Autobiografia; Uma novela; Telejornal; Uma letra só; Filme mudo; Diálogos (im)prováveis; Mesma história, diferentes fontes; Parafraseando; Dicionário pessoal; A história do nome etc. Vale a pena conferir!

 

E vocês conhecem algum outro livro com ideias de práticas de produção de texto para compartilhar aqui? Deixem suas sugestões nos comentários!

 

Até breve!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

 

Deixe o seu comentário!

13/11/2020 - Língua Portuguesa

Orações subordinad...

Olá, professores(as). Tudo bem com vocês? Hoje vamos propor uma atividade para aprofundar o estudo das orações subordinadas substantivas (OSS). A ideia é promover uma organização da função sintática que cada um...

13/11/2020 - Língua Portuguesa

Orações subordinadas substantivas

Olá, professores(as).

Tudo bem com vocês?

Hoje vamos propor uma atividade para aprofundar o estudo das orações subordinadas substantivas (OSS). A ideia é promover uma organização da função sintática que cada uma delas exerce em relação à oração principal, usando o mapa conceitual como suporte didático.

Atividade

– Depois de estudar cada uma das orações subordinadas substantivas, os alunos precisarão desenvolver um mapa conceitual. Esse mapa pode ser feito por meio de aplicativos, softwares, ferramentas digitais ou, se preferir, no estilo tradicional com papel, caneta e muita criatividade.

– O objetivo será organizar as informações usando cores diferentes para cada categoria. Exemplo: subjetiva (azul), objetiva direta (verde), objetiva indireta (cinza), predicativa (rosa), completiva nominal (marrom) e apositiva (amarela);

– Em seguida, os alunos organizarão as informações nas categorias, seguindo o mesmo padrão de cores: sujeito da oração principal (azul); objeto direto da oração principal (verde); objeto indireto da oração principal (cinza); predicativo em relação à oração principal (rosa); complemento nominal de um nome da oração principal (marrom); aposto de um substantivo, ou pronome da oração principal (amarelo).

– Seguindo esse mesmo padrão das cores, eles também poderão inserir a forma abreviada de cada uma delas: OSSS (azul); OSSOD (verde); OSSOI (cinza); OSSP (rosa); OSSCN (marrom); OSSA (amarelo).

– Por fim, nos últimos termos de ligação do mapa, os alunos poderão inserir um exemplo de cada tipo de oração;

Assim, sempre que esse conteúdo precisar ser consultado, as informações estarão organizadas e visualmente compreensíveis.

Na segunda etapa dessa atividade, o professor poderá escolher um texto para leitura, reflexão e discussão. Se for um gênero textual que os alunos ainda não tenham estudado, é importante explorar todas as características e função social desse gênero.

Em seguida, o professor poderá solicitar que os alunos analisem a construção da escrita do texto, grifando, sublinhando ou pintando (com as mesmas cores do mapa), as orações subordinadas substantivas que eles conseguirem identificar.

 

Essa foi a dica de hoje!
Já realizou alguma atividade nesse mesmo estilo? Como foi?
Comente aqui.

Até breve!
Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

 

Deixe o seu comentário!

11/11/2020 - Língua Portuguesa

Pesquisa: gráficos

Olá, professores(as). Tudo bem com vocês? A língua é viva e está em constante evolução. Ela é dinâmica, flexível e acompanha as transformações sociais que ocorrem a todo momento. Nesse universo das interaçõ...

11/11/2020 - Língua Portuguesa

Pesquisa: gráficos

Olá, professores(as).

Tudo bem com vocês?

A língua é viva e está em constante evolução. Ela é dinâmica, flexível e acompanha as transformações sociais que ocorrem a todo momento. Nesse universo das interações sociais surgem os neologismos: palavras, termos, expressões que são transformadas/criadas/adaptadas com o objetivo de definir uma situação, uma ação, um objeto etc.

Os neologismos permitem inúmeras possibilidades de estudos linguísticos e são muito interessantes para serem discutidos com os alunos. Hoje, vamos propor uma sugestão de atividade baseada na pesquisa dos neologismos, relacionando essa proposta ao estudo do gráfico.

O objetivo é fazer uma sequência didática: a elaboração de uma pesquisa, a leitura, a interpretação dos dados, a elaboração do gráfico e a exposição das informações.

Atividade

– Solicite aos alunos uma pesquisa sobre os neologismos. A ideia é fazer um levantamento geral sobre as palavras que surgiram e os diferentes contextos relacionados a elas;

– Depois, os alunos precisarão elaborar um questionário sobre essas palavras. O objetivo será aplicar esse questionário a um grupo de pessoas e analisar quais são as palavras que elas conhecem/desconhecem, usam/não usam, sabem ou não sabem o contexto de utilização etc.; No questionário, é importante inserir algumas perguntas pessoais aos participantes da pesquisa: idade, formação, naturalidade, profissão etc.;

– Esse questionário poderá ser feito (on-line) usando aplicativos e outros recursos digitais ou na versão tradicional, com folhas de papel, caneta e prancheta;

– Depois de coletarem todas as informações dos questionários, os alunos precisarão organizar os dados em gráficos para facilitar a leitura e a interpretação dos resultados. Para isso, você poderá propor o uso dos gráficos em diferentes categorias como, por exemplo, a faixa etária, a região de residência das pessoas que participaram da pesquisa etc.;

– Os gráficos podem ser de diferentes formatos: barras, linhas, setores etc. Aqui, é importante explorar todas as características: título, legenda, fonte, cores etc.;

– Depois de produzirem os gráficos, os alunos precisarão fazer uma análise dessas informações e escrever uma conclusão sobre os resultados dessa pesquisa: quantas pessoas conheciam as palavras? Quais foram as palavras menos conhecidas? Existe uma característica comum entre as pessoas que conheciam ou não conheciam as palavras? Quais?

– Você pode sugerir que essa apresentação seja feita por escrito ou pode explorar a prática oral (aula on-line, gravação de vídeo ou áudio etc.). O mais importante é analisar os gráficos, as conclusões das análises feitas pelos alunos e produzir uma reflexão sobre isso;

Você também pode propor outros temas e gêneros textuais para relacionar a essa prática. Lembre-se de promover uma discussão geral sobre o assunto escolhido antes e depois da realização da atividade.

Essa foi a dica de hoje.

Até breve!

Assessoria de Língua Portuguesa

linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!