Últimas Publicações:

24/09/2020 - Língua Inglesa

Padlet nas aulas de ...

Hello, everyone!!! How are you doing? I hope you are really good! Learning new things and rhythms! Por aqui estamos a mil por hora! A cada dia nos surpreendendo com a criação dos professores e a sua paixão por ensinar...

24/09/2020 - Língua Inglesa

Padlet nas aulas de inglês – um mural interativo para criar e compartilhar

Hello, everyone!!!

How are you doing? I hope you are really good! Learning new things and rhythms!

Por aqui estamos a mil por hora! A cada dia nos surpreendendo com a criação dos professores e a sua paixão por ensinar.

Em nossa formação digital, no curso Inglês com jogos e brincadeiras estamos trabalhando o conceito e algumas possibilidades de gamificação.

Para conseguir um mural colaborativo e postar atividades, imagens, textos, vídeos, utilizamos o Padlet. O Padlet é uma ferramenta online que funciona como mural interativo e permite criar um espaço onde professor e alunos podem interagir postando ideias, vídeos, links, imagens, comentando e dando like nas outras postagens. E você pode utilizar facilmente no Google Classroom ou enviar link e QR code para compartilhamento.

Fizemos um Padlet para o curso, sobre gamificação. Visite e veja!

https://padlet.com/cassianabeghetto/rimkj1b1r9gk05oh

É possível salvar todas as publicações do mural em PDF, no formato de jornal, revista.

         

A professora Maria Luciana de Brito Martins foi logo criar o dela para usar em suas aulas! Veja:

Professores que aprendem, criam, aproveitam a oportunidade, fazem a diferença!

Parabéns, Luciana!

Go for it!

The students need teachers like that!

Deixe o seu comentário!

21/09/2020 - Matemática

Compartilhando Suges...

Seja bem-vindo (a) a seção do blog que destinamos ao compartilhamento de boas práticas pedagógicas de professores do Sistema de Ensino Aprende Brasil. Desta vez vamos conhecer um pouco do trabalho da professora Nilma...

21/09/2020 - Matemática

Compartilhando Sugestões de Práticas Pedagógicas

Seja bem-vindo (a) a seção do blog que destinamos ao compartilhamento de boas práticas pedagógicas de professores do Sistema de Ensino Aprende Brasil.
Desta vez vamos conhecer um pouco do trabalho da professora Nilma de Brito, do município de Coronel Fabriciano – MG, destinado ao Ensino Fundamental – Anos Iniciais, envolvendo números até dezena de milhar. Venha compartilhar conosco também sua prática! Deixe seu comentário!
Assessoria Pedagógica de Matemática

Atividade-Matemática

Deixe o seu comentário!

  • Na escola onde trabalho utilizo bastante o material dourado para trabalhar divisão e capacidade e construção e decomposição de numerais até a unidade de milhar.

21/09/2020 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS ̵...

Vamos continuar a contar histórias? Essa atividade é muito gostosa, nos leva a mundos divertidos. A dica de hoje para leitura é: A cesta de Dona Maricota – Tatiana Belinky. Sugestão de livro para trabalhar no Livro...

21/09/2020 - Educação Infantil

BAÚ DE IDEIAS – LER HISTÓRIAS PARA CRIANÇAS PEQUENAS

Vamos continuar a contar histórias? Essa atividade é muito gostosa, nos leva a mundos divertidos.

A dica de hoje para leitura é: A cesta de Dona Maricota – Tatiana Belinky.

Sugestão de livro para trabalhar no Livro do Grupo 4 do Aprende Brasil:

Aluno – pág. 7 – Vol. 3 – Unidade 6 – Um passeio pelo sítio!

Professor – pág. 11 a 13 – Vol. 3 – Unidade 6 – Um passeio pelo sítio!

Nesse livro, autora utiliza versos nos quais os alimentos contam as vantagens de comer verduras, frutas e legumes.

 

 

 

 

 

Sugestões de atividades:

  1. Ler ou contar a história (caso não tenha o livro, segue link): https://pt.slideshare.net/CamilaRibeiro35/a-cesta-de-dona-maricota-28474072
  2. Trabalhar com as crianças as rimas que aparecem no livro, para isso professor (a), escreva a história em papel bobina ou Kraft em letra caixa alta e faça com as crianças, a leitura apontada, ressaltando as palavras que rimam.
  3. Outra sugestão, é quando fizer o texto da história, no lugar de algumas palavras, você colocar a figura, e quando perguntar para a criança o que é, você tira a figura e coloca a palavra. Começa a dar noção para a criança de leitura de texto, de cima para baixo e da esquerda para a direita.
  4. Segue uma sugestão de material que você pode produzir para contar a história, usando diferentes materiais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5. Também pode cantar essa música, colocando uma melodia de uma música já existente (sugestão: Sou coelhinho):

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E você, como trabalha leitura com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.

Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

 

 

Deixe o seu comentário!

21/09/2020 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA –...

Obaaaa…mais histórias! É tão divertido e gostoso. Com bebê e crianças bem pequenas o momento deve ser de interação entre o bebê e quem está lendo, a criança vai curtir a atenção que está recebendo e va...

21/09/2020 - Educação Infantil

BEBÊS E CIA – LER HISTÓRIAS PARA BEBÊS E CRIANÇAS BEM PEQUENAS

Obaaaa…mais histórias! É tão divertido e gostoso. Com bebê e crianças bem pequenas o momento deve ser de interação entre o bebê e quem está lendo, a criança vai curtir a atenção que está recebendo e vai agregando valor ao livro, relacionando momento de leitura com prazer. Essas dicas continuam: hábito (costume de ler desde bem pequeno), vínculo (momento exclusivo entre professor e alunos para curtir a história) e repetição (muito importante para a criança, é essencial para ela).

A dica de hoje para leitura é:

Livro pertence a coleção Grupo 2 do Aprende Brasil

Lúdico e divertido, este livro explora situações de oposição pensadas a partir do cotidiano da criança, mostrando que a noção de quantidade percebida pelas pessoas passa pela afetividade. Com delicadeza e criatividade, Márcia Leite leva o pequeno leitor a refletir sobre a questão do ponto de vista: o que parece pouco para uns pode ser muito para outros. Segue algumas sugestões de atividades para serem realizadas com as crianças:

 

 

  1. Antes da leitura: professor (a) poderá fazer uma brincadeira antes de iniciar a leitura do livro. Aproveitando que no enredo aparecem os conceitos muito e pouco, proponha uma atividade de estimar quantidades. Por exemplo: encher um potinho com tampinhas de garrafas e uma bacia grande com bolas de tamanho médio. Então, pergunte em qual dos recipientes existe o maior número de objetos: o das tampinhas ou o das bolas? O pote das tampinhas é menor, mas contém maior número de tampas do que a bacia de bolas, que é bem maior, porém com menor número de bolas. Esta sugestão pode criar uma expectativa em relação ao que vão encontrar na leitura.
  2. Durante a leitura: proponha aos alunos que folheiem o livro e que analisem a expressão das crianças, ora de alegria, ora de tristeza, dor ou frustração. Isso tem algo a ver com o título? Depois de realizar à leitura, questione o grupo sobre o que é pouco e o que é muito no contexto da obra. Pergunte aos leitores: qual das situações apresentadas no livro você considera ser a mais difícil ou a mais chata? Brincar somente uma hora no parque? Engolir duas colheres de xarope amargo? Comer apenas cinco pipocas que sobraram na panela? Deixe que cada um manifeste sua opinião. Vai se surpreender com as respostas dos pequenos. Trabalhe a forma de expressão facial e/ou corporal de como representar o cheiro ruim, a bronca, o voo do pernilongo, o tempo de espera para a festa de aniversário, ganhar um doce, ir a praia.
  3. Depois da leitura: para estabelecer um diálogo com o livro É muito pouco! – de Márcia Leite, sugere-se a leitura da obra O frio pode ser quente? – de Jandira Masur. De modo lúdico e divertido, ambos os livros envolvem o conceito de relatividade, levando a criança a refletir sobre determinadas situações de acordo com diferentes pontos de vista. O diálogo pode ser estabelecido, por exemplo, a partir da leitura das páginas em que se brinca com o número 2, no livro de Márcia Leite, e da comparação entre a colher cheia de doce e a cheia de remédio, do livro de Jandira Masur. O mesmo elemento – a colher com remédio ou com xarope amargo – é que leva à relativização dos conceitos de muito/pouco e grande/pequeno, respectivamente. Outra semelhança entre as obras é o trabalho com o tempo. Enquanto O frio pode ser quente? contrasta a duração dos dias da semana com a duração do domingo, e relativiza as noções do que seja ontem, hoje ou amanhã, É muito pouco! nos conduz a pensar sobre a duração de uma hora e de três dias, que podem ser muito longos ou curtos, dependendo do que se faz e do que se espera. Trabalhando conceitos matemáticos.

 

E aí, professor, o que achou dessas nossas sugestões?
E você, como trabalha leitura com seus alunos? Comente e compartilhe com a gente.
Forte abraço e até o próximo post!
Equipe Assessoria Educação Infantil
Siga nossas redes sociais: @aprendebrasil

Deixe o seu comentário!

18/09/2020 - Língua Portuguesa

Regência nominal em...

Olá, professores(as). Como vocês estão? Hoje vamos dar uma dica que pode ser usada para trabalhar o conteúdo de regência nominal. Quando ensinamos a relação entre “regente” e “regido” é importante demarca...

18/09/2020 - Língua Portuguesa

Regência nominal em prática

Olá, professores(as).
Como vocês estão?

Hoje vamos dar uma dica que pode ser usada para trabalhar o conteúdo de regência nominal.

Quando ensinamos a relação entre “regente” e “regido” é importante demarcarmos a dependência que existe entre os termos. Para isso, não basta realizar o estudo isolado dos diferentes casos, é preciso criar oportunidades para que os alunos possam refletir sobre esses usos, ampliando, assim, a percepção de que há dependência do nome em relação aos seu complemento.

Como ampliar essa percepção?

– Selecione títulos ou trechos de reportagens, mas lembre-se de deixar as frases incompletas. Exemplo:

“Aluno relata que teve dificuldade…”
“O estudo é referente…”
“Especialistas ainda têm dúvidas…”

– Mostre esses trechos aos alunos e solicite que levantem hipóteses sobre o desfecho dessas reportagens;

– Cada um deverá construir uma lógica para poder completar essas frases;

– Depois, todos deverão explicar quais foram as hipóteses que criaram para cada desfecho;

– Nesse momento, você já pode verificar como foi que os alunos relacionaram intuitivamente os nomes (dificuldade, referente e dúvidas) aos seus complementos;

Professor (a), sabemos que grande parte das regras gramaticais são internalizadas pelos falantes, que, muitas vezes, nem as percebem nos usos espontâneos que fazem da língua. Isso quer dizer que, nessa atividade, os alunos podem até ter usado corretamente as regras de regência nominal sem se dar conta de que sabiam fazer isso naturalmente. Por isso, depois que todos comentarem suas hipóteses, mostre isso a eles, ressaltando as frases da seguinte maneira:

“Aluno relata que teve dificuldade…” – Em quê? Para quê? Com quê?
“O estudo é referente…” – A quê?
“Especialistas ainda têm dúvidas…” –  Sobre o quê?

– Se tiverem acertado o uso das preposições, mostre a eles que souberam aplicar corretamente as regras de regência nominal. Caso tenham cometido algum desvio, explique que é sempre importante pesquisar essa relação de dependência entre os termos durante a escrita de um texto.

Essa atividade é simples, mas muito eficiente. Ela serve também para incentivar os alunos a refletirem mais sobre a língua e os usos reais que fazem dela.

Se desejar, essa prática também pode ser ampliada para o estudo de outros conteúdos, por exemplo, o de transitividade verbal. Outra sugestão é usar diferentes gêneros textuais como: títulos de filmes, mensagens de texto, e-mails etc.

O mais importante é praticar e refletir sobre a língua!

Gostou dessa dica?
Comente aqui.

Até breve!
Assessoria de Língua Portuguesa
linguaportuguesa@aprendebrasil.com.br

Deixe o seu comentário!

18/09/2020 - Arte

POWERPOINT nas aulas...

Olá professora, olá professor! ♥ Que bom tê-los conosco mais uma vez! Para continuar nossa web série sobre tecnologias digitais nas suas aulas, quero te convidar para assistir nosso episódio sobre o uso de Power ...

18/09/2020 - Arte

POWERPOINT nas aulas!

Olá professora, olá professor! ♥
Que bom tê-los conosco mais uma vez!

Para continuar nossa web série sobre tecnologias digitais nas suas aulas, quero te convidar para assistir nosso episódio sobre o uso de Power Point como ferramenta para aprimorar suas aulas!

São 10 dicas sobre esse programa que vão lhe ajudar a deixar a experiência da apresentação das suas aulas, ainda mais interessantes!

E não esqueça, a web série continua! Virão outros temas, então não esqueça de deixar nos comentários sua sugestão para os próximos vídeos. Enquanto isso, clique na imagem abaixo e assista o episódio 2!

 

Fez uma prática sugerida por mim? Conte como foi!

Gostou? Ficou com dúvidas ou tem sugestões?

Deixe aqui nos comentários!!!

ATÉ A PRÓXIMA, TCHAU! =)

Rafael Pawlina

Assessor de Arte

 

Siga nossas redes socias:@aprendebrasil

Deixe o seu comentário!